Codigo de hamurabi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (748 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Hamurabi nasceu em torno do ano 1800 a.C. Tornou-se rei da Dinastia Babilônica dos Amoritas, conquistou inúmeros territórios e pacificou a guerra entre os semitas e sumérios. Então criou o 1° ImpérioBabilônico, conquistando grande parte das terras Mesopotâmicas.
Ele foi o primeiro a romper a tradição oral das leis, elaborando um conjunto de códigos jurídicos escritos em uma estela de diorito.Essas leis são de suma importância, pois elas serviram de base para inúmeros códigos posteriores. Com isso, Hamurabi foi o primeiro a proferir as suas leis aos seus súditos e estender o direito ao seupovo. Assim, o monarca ficou reconhecido devido a sua habilidade administrativa e legislativa. Evitando a desigualdade diante dos crimes na sociedade, objetivando a homogeneização jurídica.Atualmente, o Código é considerado um monumento com 46 colunas, 282 leis e 2,25 metros. Além de possuir a imagem de Hamurabi junto a Shamash. E encontra-se no Museu do Louvre em um excelente estado deconservação, ainda é considerado até hoje um dos mais importantes documentos da antiguidade.
Esse conjunto de leis incluía diversas normas de vida e propriedade. Trazendo assuntos do cotidiano do seupovo, prezando pela ordem e justiça social. Esse Código é baseado nas leis orais da civilização da Suméria. E possui como lema principal a lei ou pena de talião (olho por olho, dente por dente), na quala retaliação ou reciprocidade do crime é o seu objetivo. Então, caso alguém transgrida as leis será punido na mesma proporção com o qual o crime foi cometido.
Há também uma grande influência dareligião sobre o Código devido alguns artigos requererem a vontade divina pra punir o acusado, caso a divindade não aplicasse a punição então o acusado deveria permanecer imune.
Após o regime deHamurabi a rocha foi perdida e foi encontrada novamente por volta do ano de 1900, através de uma expedição do exército francês organizada pelo arqueologista Jean-Jacques de Morgan em uma de suas escavações...
tracking img