Codigo de etica do fisioterapeuta

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 10 (2411 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 10 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Disponível em: Acesso em: 1 jun. 2004

Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional
CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
www.coffito.org.br

CAPÍTULO 1
Das resonsabilidades fundamentais
Art. 1º – O fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional prestam assistência ao homem, participando da promoção, tratamento e recuperação de sua saúde. Art. 2º – Ofisioterapeuta e o terapeuta ocupacional zelam pela provisão e manutenção de adequada assistência ao cliente. Art. 3º – A responsabilidade do fisioterapeuta e/ou terapeuta ocupacional, por erro cometido em sua atuação profissional, não é diminuída, mesmo quando cometido o erro na coletividade de uma instituição ou de uma equipe. Art. 4º – O fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional avaliam suacompetência e somente aceitam atribuição ou assumem encargo, quando capazes de desempenho seguro para o cliente. Art. 5º – O fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional atualizam e aperfeiçoam seus conhecimentos técnicos, científicos e culturais em benefício do cliente e do desenvolvimento de suas profissões.

Art. 6º – O fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional são responsáveis pelo desempenho técnico dopessoal sob sua direção, coordenação, supervisão e orientação.

ENCARTE ESPECIAL

CAPÍTULO 2
Do exercício profissional
Art. 7º – São deveres do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional nas respectivas áreas de atuação: 1 – exercer sua atividade com zelo, probidade e decoro e obedecer aos preceitos da ética profissional, da moral, do civismo e das leis em vigor, preservando a honra, oprestígio e as tradições de suas profissões; 2 – respeitar a vida humana desde a concepção até a morte, jamais cooperando em ato em que voluntariamente se atente contra ela, ou que coloque em risco a integridade física ou psíquica do ser humano; 3 – prestar assistência ao indivíduo, respeitados a dignidade e os direitos da pessoa humana, independentemente de qualquer consideração relativa à etnia,nacionalidade, credo político, religião, sexo e condições sócioeconômica e cultural e de modo a que a prioridade no atendimento obedeça exclusivamente a razões de urgência;

147

Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional ConScientiae Saúde, v. 3, p. 147-152. São Paulo: UNINOVE, 2004.

4 – utilizar todos os conhecimentos técnicos e científicos a seu alcance para prevenir ouminorar o sofrimento do ser humano e evitar o seu extermínio; 5 – respeitar o natural pudor e a intimidade do cliente; 6 – respeitar o direito do cliente de decidir sobre sua pessoa e seu bem estar; 7 – informar ao cliente quanto ao diagnóstico e prognóstico fisioterápico e/ou terapêutico ocupacional e objetivos do tratamento, salvo quanto tais informações possam causar-lhe dano; 8 – mantersegredo sobre fato sigiloso de que tenha conhecimento em razão de sua atividade profissional e exigir o mesmo comportamento do pessoal sob sua direção; 9 – colocar seus serviços profissionais à disposição da comunidade em caso de guerra, catástrofe, epidemia ou crise social, sem pleitear vantagem pessoal; 10 – assumir seu papel na determinação de padrões desejáveis do ensino e do exercício dafisioterapia e/ou terapia ocupacional; 11 – oferecer ou divulgar seus serviços profissionais de forma compatível com a dignidade da profissão e a leal concorrência; 12 – cumprir e fazer cumprir os preceitos contidos neste Código e levar ao conhecimento do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional o ato atentório a qualquer de seus dispositivos. Art. 8º – É proibido ao fisioterapeuta e aoterapeuta ocupacional, nas respectivas áreas de atuação: 1 – negar assistência, em caso de indubitável urgência; 2 – abandonar o cliente em meio a tratamento, sem a garantia de continuidade de assistência, salvo por motivo relevante; 3 – concorrer, de qualquer modo para que outrem exerça ilegalmente atividade privativa

do fisioterapeuta e/ou terapeuta ocupacional; 4 – prescrever medicamento ou...
tracking img