Coca-cola e pepsi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 70 (17425 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


Podemos dizer que a inspiração para a criação dos refrigerantes foram as águas naturalmente gaseificadas. Coube ao farmacêutico Thomas Henry a produzir essa água em escala industrial. Já em 1820, pensou-se na idéia de acrescentar sabores à essa água. O primeiro foi o gengibre, seguido do limão, criando a “soda fountain” nos Estados Unidos. Devemos lembrar que esses produtos eramcomercializados como produtos medicinais.

No início do século XX, a “soda fountains” começa ir para as lanchonetes e sorveterias. Nessa época, já haviam sido criadas as tecnologias de engarrafamento à vidro e as tampinhas de metal, que impedia o gás de escapar.

Duas das maiores marcas de refrigerantes também foram criadas com fins medicinais: ajudar na digestão. O farmacêutico John Pemberton,em Atlanta, criou a bebida de cor escura e com cocaína em sua formula, que depois fora chamada de Coca-Cola. Já Caleb Bradham, na Carolina do Norte, cria a Pepsi-Cola, tendo como principais ingredientes a pepsina e as nozes de cola.

Pensando na verdadeira guerra travada por essas duas marcas é que será avaliada a eficiência de suas marcas, a importância do sabor e como elas mudaram o simplescomportamento do ato de “matar a sede”.
ALGUNS REFRIGERANTES

1. – Fanta

Durante a Segunda Guerra Mundial, devido à escassez do xarope de Coca-Cola, pensou-se na produção de um refrigerante à base de produtos disponíveis na Alemanha de 1941. Assim, com o tempo, o produto não teve um sabor definido, e sim, seguia o que havia disponível no mercado para a produção. Foi assim que a Fanta surgiu,com um leve sabor de maça, pois era feito à base sobras de uma fábrica de Cidra.

O nome foi escolhido através de um concurso entre os funcionários da empresa, tendo como base a palavra “fantástica”, que foneticamente, tem um som muito parecido em todas as línguas. Isso acabou impulsionando inicialmente a marca, consolidando seu sabor e seu espaço num mercado de refrigerantes à base de frutaainda muito pequeno. Por essa pouca representatividade, a marca foi usada durante 10 anos, após a sua criação, apenas para manter a patente, sem grandes investimentos sobre a mesma.

Só em 1960 que a “The Coca-Cola Company” criou uma campanha pra divulgação das bebidas Fanta, que na época tinha os sabores de laranja, uva,



lima-limão e gengibre. E, aos poucos, esses produtos foram sendointroduzidos nos demais países a ganhando seu espaço no ramo de refrigerantes.

Hoje, ele é consumido em diversos países, cada um com seu sabor específico, sempre respeitando as diferenças culturais e hábitos alimentares de cada região. Mas, o sabor predominante é o de laranja.

A marca já sofreu enormes mudanças e teve diferentes sabores no mercado, porém a Fanta se consolidou entre o públicojovem/ adolescente. O refrigerante esta presente em 190 países e disponível em quase 90 sabores diferentes, sendo a terceira marca da “The Coca-Cola Company” em volume no mundo e a segunda marca da empresa na divisão Brasil, seu maior mercado consumidor.

-
2.1 - Sprite

Inicialmente, o Sprite foi lançado no mercado para competir diretamente com o “7 UP”, refrigerante à base de limão produzidopela Pepsico. Em 1961, ela entrou no mercado nacional após um teste muito bem sucedido na cidade de Ohio, nos EUA.



O nome foi inspirado num duente, com cabelos prateados e sorriso cativante chamado “Sprite Boy”, que foi criado para a introdução do nome “Coke” como sinônimo de Coca-Cola, mas acabou personificando o produto. Para os americanos, a palavra “Sprite” significa um toque mágico,capaz de trazer alegria, prazer.

Através desse toque mágico, em 1989 a marca assumiu seu lugar ao sol, tornando-se o refrigerante à base de limão mais popular do mundo. Até porque, seus consumidores tem como marca registrada a jovialidade, a atitude e a ousadia, deixando de lado as restrições e os limites para matar a sua sede. Tomar Sprite é muito mais uma atitude do que uma necessidade....
tracking img