Cobre em aguardente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6910 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Técnico em Química

DETERMINAÇÃO DE COBRE EM AGUARDENTE

ATRAVÉS DO MÉTODO DE ABSORÇÃO ATÔMICA (AA)


DETERMINAÇÃO DE COBRE EM AGUARDENTE

ATRAVÉS DO MÉTODO DE ABSORÇÃO ATÔMICA (AA)

SUMÁRIO


1 INTRODUÇÃO 7
1.1 COBRE 7
1.1.1 História 7
1.1.2 Bioqímica 8
1.1.3 Corpo Humano 11
1.1.4 Alimentos que contém cobre 15
1.1.4.1 Alimentos que são fontes de cobre 15
1.1.4.2 Cobre nochocolate 16
1.1.4.3 Quantidade de cobre nos alimentos 16
1.1.5 Doenças causadas por excesso ou falta de cobre 17
1.1.5.1 Deficiência 17
1.1.5.2 Doença de Menkes 17
1.1.5.3 Excesso 17
1.1.5.4 Excesso por alimento 18
1.1.5.5 Doença de Wilson 18
1.1.6 Histórico da aguardente 19
1.1.7 Contaminação da aguardente pelo cobre 20
1.2 MÉTODO DE ESPECTROSCOPIA DE ABSORÇÃO ATÔMICA 21
1.2.1Absorção de Energia 22
1.2.2 Principais componentes de um espectrômetro de absorção atômica 23
1.3 EQUIPAMENTO UTILIZADO 27
2 RESULTADOS OBTIDOS 29
3 DISCUÇÃO DOS RESULTADOS OBTIDOS 31
4 CONCLUSÃO 32
APÊNDICE A 35
APÊNDICE B – Regulamento de avaliação da conformidade da cachaça 36
REFERÊNCIAS 33

ÍNDICE DE TABELAS


Tabela 1 – Teores mínimos de cobre em vários fluidos do corpo humano 12Tabela 2 – Teores mínimos de cobre em vários tecidos do corpo humano 12
Tabela 3 – Cobre nos alimentos 16
Tabela 4– Dados utilizados para a construção da curva de calibração 29
Tabela 5 – Data e local de aquisição das amostras de aguardente 30
Tabela 6 – Absorbância obtida e respectivas concentrações de cobre para as diferentes aguardentes 30

ÍNDICE DE FIGURAS


Figura 1 – Esquema dacoordenação do cobre em plastocianina 9
Figura 2 – Representação do complexo [CuL4(SCN)]MeCO2Et 10
Figura 3 – Modelo de oxihemocianina 11
Figura 4 – Esquema simplificado da circulação geral de cobre no corpo humano 13
Figura 5 – Anel de Kaiser-Fleischer 19
Figura 6 – Esquema que representa as propriedades da radiação eletromagnética 22
Figura 7 – Representação da absorção e emissão de energia 23Figura 8 – Componente do espectrômetro de absorção atômica 24
Figura 9 – Sistema responsável pela atomização 25
Figura 10 – Processos que ocorrem no sistema atomizador 26
Figura 11 – Shimadzu duplo feixe de AA-6200 espectrofotômetro de absorção atômica 27
Figura 12 – Estrutura do Queimador 28
Figura 13 – Esquema de duplo feixe 28
Figura 14 – Curva de calibração dos padrões de cobre 29

1INTRODUÇÃO

1.1 COBRE

1.2.1 História(BATISTA, O. A 1969)

O cobre é um metal há muito tempo conhecido pelo homem. Objetos de cobre foram encontrados por historiadores e são datados de 8500 a.C.
É fato que o cobre foi indispensável para a evolução das civilizações, provavelmente, por esse metal ser facilmente encontrado e acessível, sendo prático para a manufatura deferramentas e objetos em geral.
Na pré-história a liga constituída de cobre e estanho era muito utilizada, por isso chegou a marcar uma nova idade, a idade do Bronze.
Egípcios e Gregos utilizaram o metal para a arte e arquitetura, mas foram os romanos que melhor fizeram uso desse metal. Construindo artigos domésticos, adornos pessoais e armas de guerra. Além disso, os romanos tiveram outras aplicaçõespara o cobre. Não satisfeitos com seu emprego na forma metálica, passaram a utilizá-lo na forma de sais também. Há registros de grandes festas patricianas, com muita comida, onde os anfitriões comiam exageradamente, e, após comerem, ingeriam sulfato de cobre, o que os fazia vomitar, assim podiam continuar a comer.
Em história mais recente o metal foi muito utilizado no desenvolvimento de váriospaíses, como os EUA, que utilizaram o metal para formar sua primeira moeda, emitida no governo de Benjamin Franklin. Além de terem utilizado grandes quantidade de cobre para construir a estátua da liberdade, símbolo do país.
Durante anos a mineração de cobre foi sinônimo de poder político, onde na década de 70 os donos do cobre eram os donos do Chile.
Atualmente é muito utilizado em ligas,...
tracking img