Clp. cep

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1685 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL
UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE NAVIRAÍ











SENSORES FOTOELÉTRICOS E LEDS





Trabalho desenvolvido como parte da avaliação da disciplina de Química Quântica do Curso de Licenciatura em Química,
Unidade Universitária de Naviraí da UEMS,Ministrada pelo professor Doutor Alberto A. Cavalheiro.


Acadêmicas: Edita Gil, Lis Regiane V. Favarin, Natália Apa Cabeza


Naviraí/MS
Novembro/2010
1.INTRODUÇÃO

O efeito fotoelétrico é a emissão de elétrons por um material, geralmente metálico, quando exposto a uma radiação eletromagnética (como a luz) de freqüência suficientemente alta, quedepende do material. Descoberto por Hertz, em 1887, e descrito teoricamente por Einstein, em 1905 explicou que, a intensidade de luz é proporcional ao número de fótons e que como conseqüência determina o número de elétrons a serem arrancados da superfície da placa metálica e, quanto maior a freqüência maior é a energia adquirida pelos elétrons assim eles saem da placa e abaixo da freqüência de corte,os elétrons não recebem nenhum tipo de energia, assim não saem da placa 1.

Células fotoelétricas ou fotovoltaicas são dispositivos capazes de transformar a energia luminosa, proveniente do Sol ou de outra fonte de luz, em energia elétrica. Uma célula fotoelétrica pode funcionar como geradora de energia elétrica a partir da luz, ou como um sensor capaz de medir a intensidade luminosa.As células fotoelétricas atuais são constituídas de um material semicondutor, normalmente composto por silício, que é um material abundante no nosso planeta. Esse material é dopado (modificado) com outros elementos, para que possa ser adequado ao uso, interagindo assim com a luz 2.
A luz é uma composição de comprimentos de onda, sendo que cada comprimento de onda possui uma cordiferente, dentro do espectro visível. Cada cor representa também uma freqüência diferente, que diz respeito à energia dessa luz. Dessa forma, o impulso elétrico gerado por uma célula fotoelétrica será maior, se a luz nela incidida apresentar uma maior energia 2.
No âmbito da tecnologia, as células fotoelétricas já conquistaram grandes feitos, como é o caso dos sensores fotoelétricos presentes eminúmeras áreas tecnológicas. O sensor fotoelétrico é conhecido também por sensor óptico, e baseia-se na transmissão e recepção de luz infravermelha, podendo ser refletida ou interrompida pelo objeto a ser detectado. Este tipo de sensor é composto por dois circuitos básicos: um transmissor (LED – diodo emissor de luz), responsável pela emissão do feixe de luz, e o receptor (fototransistor oufotodiodo), responsável pela recepção do feixe de luz. Neste trabalho, iremos apresentar de uma maneira simples e objetiva o funcionamento e a constituição física dos sensores fotoelétricos e LEDs tais como suas utilidades no campo da engenharia elétrica.


2. DESEVOLVIMETO


2.1 Sensores Fotoelétricos

Os sensores fotoelétricos, também conhecidos por sensores ópticos, manipulama luz de forma a detectar a presença do acionador, que na maioria das aplicações é o próprio produto a ser detectado.


2.1.2 Principio de Funcionamento

Baseiam-se na transmissão e recepção de luz (dependendo do modelo no espectro, visível ou invisível ao ser humano), que pode ser refletida ou interrompida por um objeto a ser detectado.
Os fotoelétricos são compostos por doiscircuitos básicos: um responsável pela emissão do feixe de luz, denominado transmissor (LED), e outro responsável pela recepção do feixe de luz, denominado receptor (transistor) 3.
O transmissor envia o feixe de luz através de um LED, que emite flashes, com alta potência e curta duração, para evitar que o receptor confunda a luz emitida pelo transmissor com a iluminação ambiente. Mostra-se na...
tracking img