Clinica cirurgica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1141 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de
Clinica
Cirúrgica
Aluno: Alex Alves Camargo





















Trabalho de
Clinica Cirúrgica
Aluno: Alex Alves Camargo






Índice:

 O papel da enfermagem na clinica cirúrgica

 Classificação das cirurgiasquanto ao tempo


 Classificação das cirurgias quanto ao porte

 Classificação das cirurgias quanto a finalidade


 Classificação das cirurgias quanto ao potencial de contaminação

 Principais medicamentos utilizados na clinica cirúrgica


 Significado do período pré- operatório e seus cuidados de enfermagem

 Significado do período trans operatório


 Significado doperíodo pós- operatório

 Fase pós-operatório imediato


 Fase pós-operatório mediato

 Fase pós-operatório tardio

 Atuação do técnico de enfermagem no centro cirúrgico


 Tipos de anestesia existentes no centro cirúrgico





O PAPEL DA ENFERMAGEM NA CLINICA CIRÚRGICA

O cuidado de Enfermagem constitui um fator fundamental para o êxito da cirurgia e deverá estarpresente, de maneira direta ou indireta vale lembrar que os cuidados de enfermagem não se restringem ao cuidado direto com o cliente.
Para que o procedimento cirúrgico possa ocorrer, são necessárias certas condições que a enfermagem deve prover. Entre outras, a assistência de enfermagem ao paciente no momento de sua admissão na unidade e os cuidados para com sua adaptação, já são uma amostraconcreta da importância desses profissionais, em tudo o que envolve os bastidores da cirurgia.
Devesse lembrar que a equipe de enfermagem é a primeira entrar no centro cirúrgico. Cuidando de cada detalhe para à obtenção de sucesso no procedimento, e a ultima a sair garantindo o bem estar do paciente.







 Classificação das cirurgias quanto ao tempo

a. Eletiva – tratamento cirúrgicoproposto,mas cuja realização pode aguardar,ou seja pode ser programada
b. Urgente – exige atenção pois devera ser realizada dentro de 24 a 48 horas
c. Emergência- requer atenção imediata (“salvar a vida”)

 Classificação das cirurgias quanto ao porte



FONTE IMAGEM: http://www.ebah.com.br/content/ABAAAe0l8AE/classificacoes-dascirurgias




Grande porte – são cirurgias com grandeprobabilidade de perda de fluido e sangue. Exemplo: cirurgias de emergências (ferimento na região precordial), cirurgias vasculares arteriais (correção de aneurisma, aorta abdominal).





Médio porte- são cirurgias com média probabilidade de perda de fluido e sangue. Exemplo: vascular (endarterectomia de carótida), cabeça e pescoço (ressecção de carcinoma espino celular), ortopedia(prótese de quadril), urologia (ressecção transuretral de próstata) e neurologia (ressecção de aneurisma cerebral).
cirurgia de carótida.

Pequeno porte - são cirurgias com pequena probabilidade de perda de fluido e sangue. Exemplo: otorrinolaringologia (timpanoplastia), plástica (mamoplastia), endoscopia (endoscopia digestiva), oftalmologia (vitrectomia).



Vitrectomia primária.
FONTEIMAGEM: http://www.universovisual.com.br/publisher/preview




























 Classificação das cirurgias quanto a finalidade

1. PALIATIVA - cirurgia com objetivo de melhorar as condições do paciente e compensar certos distúrbios.


2. RADICAL OU CURATIVA- cirurgia que tem a função de curar a patologia. Para essa finalidade é necessária às vezes aretirada total ou parcial de um órgão deixando o paciente com expectativas menos otimista , já na operação curativa permite ao cliente uma sobrevida de alguns anos.

3. EXPLORATORIA- cirurgia com finalidade de descobrir o q esta acontecendo .


4. PLÁSTICA – cirurgia com objetivo de recomposição de tecidos corretiva ou estética.

5. REPARADORA- cirurgia cirurgia que reconstitui...
tracking img