Climas brasileiros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (853 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UFT/COPESE

Vestibular/2011.1

PROVA DE REDAÇÃO
Instruções Redija um texto DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO, em prosa. Observe rigorosamente as orientações e informações a seguir: a) O texto deve serdesenvolvido segundo o tema. b) O tema vem acompanhado de uma coletânea, que tem o objetivo de orientar sua linha argumentativa. c) Sua redação será ANULADA se você: fugir ao tema proposto; desconsiderar acoletânea; não atender ao tipo de texto exigido.

Tema A contribuição do riso tragicômico para a formação do cidadão

Coletânea Textos 1 e 2: Charges

Disponível no sítiohttp://rizomas.net/charges-sobre-educacao.html. Acesso em 29 de setembro de 2010.

Disponível no sítio http://jca.apc.org/fome/cidadania/charge43.html. Acesso em 29 de setembro de 2010.

Texto 2: Artigo científico (...) A chargetraz em seu corpo sígnico [em geral] caricaturas dos governantes, paródias dos acontecimentos políticos, críticas ao sistema de forma ferina e sarcástica que podem/devem provocar o riso no “leitor”.Mas que tipo de riso é esse? De acordo com Souza, o riso que a charge provoca (...) é um “riso crítico e corrosivo que funciona como elemento refrator, contra-ideológico por excelência (...). É umriso ambíguo que se volta contra o próprio sujeito ao revelá-lo como objeto do riso. Riso que tem a força de ludibriar e desentronizar o poder” (SOUZA, 1986, p.85). (...) Dessa forma, a charge é umsistema de linguagem altamente corrosivo, que pode ferir e minar o poder. Trata-se também de uma linguagem que pode desmascarar, trazer à luz a ideologia solidificada em nossas mentes. Se certahomogeneidade nos modos de interpretação do mundo é fornecida aos indivíduos de uma dada formação social, nas suas maneiras de sentir, querer, julgar e de se conformar às suas condições reais de existência, acharge surge para tentar perfurar, descobrir os véus, revelar as artimanhas e minar a força dos dominantes. Utilizando metáforas, antíteses, hipérboles, entre outras figuras de linguagem, as máscaras...
tracking img