Clima e agricultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4110 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CLIMA E AGRICULTURA
(Maria, Everton, Carmelita e Jusilene)
Público-alvo: Ensino Médio

Este trabalho tem por objetivos:
• Compreender as implicações do clima na agricultura;
• Evidenciar as técnicas utilizadas no combate aos "azares climáticos", principalmente aquelas desenvolvidas pelo IAPAR.

INTRODUÇÃO

 
                A  produção de alimentos tem sido um desafio dahumanidade em todos os tempos.Na antiguidade produzia–se o suficiente para alimentar as pessoas que viviam na parcela de terra comum, era a agricultura de subsistência. Os problemas surgiam quando a natureza não colaborava, com secas ou chuvas em demasia.
Com o surgimento da tecnologia, já começava a não depender tanto da natureza, o arado, um exemplo, a rotação de campos, o excedentepermitia a troca, e as pessoas podiam se dedicar a outros afazeres, como o comércio, não necessitando plantar seu próprio alimento, tendo algo para oferecer em troca.
Com a Revolução Industrial, grande parte das pessoas passaram a morar na cidade, foram se distanciando do campo, perdendo a noção da importância da produção de alimentos, como se dependesse só de ter dinheiro para comprar, quea indústria e o supermercado “produzem alimentos”. Outra conseqüência da Revolução foi a poluição atmosférica, pela queima de combustíveis fósseis, e com o maior desenvolvimento do capitalismo, a busca do superlucro, não leva em consideração as conseqüências de técnicas predatórias na agricultura, como o uso indiscriminado de agrotóxicos, que polui as águas, de extrema importância para asobrevivência do planeta.
                O objetivo desse trabalho é mostrar a importância do clima na agricultura, de como tudo está interligado, todo o mundo, se o clima for afetado pelo aquecimento global, por exemplo, vai afetar a produção de alimentos, pelas secas ou enchentes, se não procurar conter o desperdício dos paises desenvolvidos, os mais pobres sofrerão, pois o solo já muito degradado nãosuporta mais pressão da produção em grande escala, já mostrando sinais de seu esgotamento, como no processo de desertificação.
Mostraremos também como fenômenos climáticos naturais, como as geadas podem da mesma forma influenciar de forma importante na agricultura, gerando graves perdas, o que ressalta o uso e manejo adequado das técnicas de cultivo, sempre orientadas por umprofissional da área, como um geógrafo ou um agrônomo.
 
1-O CLIMA NA AGRICULTURA: algumas considerações
 
Apesar dos recentes avanços tecnológicos e científicos, o clima ainda é a variável mais importante na produção agrícola. Isto ocorreu através dos azares climáticos e as influências que o clima exerce sobre todos os estágios da cadeia de produção agrícola, incluindo, colheita, armazenagem,transporte e comercialização.
Qualquer sistema agrícola, é um ecossistema feito pelo homem, que depende do clima para funcionar de forma semelhante ao sistema natural. Os principais elementos que afetam a produção agrícola são os mesmos que influenciam a vegetação natural: entre eles estão a radiação solar, a temperatura e a umidade. Esses parâmetros que vão determinar em larga escalaa distribuição global dos cultivos e da pecuária; assim como a produção agrícola e a produtividade dos rebanhos dentro de uma zona climática.
Todos os cultivos apresentam seus limites climáticos para a produção econômica. O limite climático da soja por exemplo é de 3ºC.
Deve-se levar sempre em conta, que uma variável climática pode se modificar mediante outra variável.Estão inter-relacionadas na influência que exercem sobre a lavoura. Também as variáveis diárias, sazonais e anuais.
Ao se considerar os ambientes climáticos, nos quais as lavouras se desenvolvem os micro-climas em torno da lavoura, é de vital importância, assim como no interior do solo e nas proximidades do terreno em que os cultivos crescem, que podendo ser bastante diferentes no ar...
tracking img