Classes iniciais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3624 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - INTRODUÇÃO


“Gestão Escolar e Docência na Educação de Jovens e Adultos”

O Estágio V descrito neste relatório trata-se da “Gestão Escolar e Docência na Educação de Jovens e Adultos” - EJA (Alfabetização) do Ensino Fundamental foram desenvolvidas as atividades de observação participativa com os alunos em uma turma multiseriada, que corresponde a 1ª, 2ª, 3ª e 4ª séries, temcomo objetivo a observação, como se desenvolve o ensino em sala de aula, de que maneira os professores conduzem a aprendizagem, como se processa a apreensão do conhecimento pelo aluno. Objetiva ainda analisar como é a interação dos alunos com os professores, dos alunos entre si e com o ambiente no cotidiano escolar. Foi realizado na Escola Municipal Renê Chateaubriand Domingues, situado à RuaJosé Maria de Man nº 30, Bairro Novo Riacho das Pedras na cidade de Contagem no período de 09/08/2010 à 23/08/2010.
O referido estágio é de suma importância para instrumentalizar o estudante de Pedagogia e futuro profissional da educação, para que o mesmo se familiarize com a prática da sala de aula, conviva com os alunos e professores e habituem-se ao ambiente escolar com seus problemas, desafios,dificuldades, mas também repleto de alegria, realizações e, sobretudo cheio de jovens e adultos, que necessitam completar sua formação.
Ao longo da história da Educação de Jovens e Adultos no Brasil, observa-se que sempre existiram campanhas e não, programas estruturados de uma educação com continuidade em colaboração com os sistemas educacionais. Na verdade a Educação de Jovens e Adultos nuncafoi prioridade para o governo, que assim não levava em conta a dívida educacional com grupos sociais historicamente esquecidos ou marginalizados, e também outros que não estudaram por motivos alheios a sua vontade.
Apesar de nos últimos anos, se valorizar a Educação de Jovens e Adultos, ainda existe preconceito sobre a EJA, mesmo entre professores, escolas e até mesmo entre os próprios alunos,principalmente por parte de que não conhece o trabalho com essa modalidade de ensino.
Os alunos que freqüentam a Educação de Jovens e Adultos são em sua grande maioria jovens e adultos trabalhadores que já passaram por várias experiências escolares. Algumas vezes, essa realidade ocasiona nos alunos um sentimento de incapacidade. Outras vezes é o professor que subestima a capacidade intelectual doaluno adulto.
Foi observada a preocupação da grande maioria dos professores da Educação de Jovens e Adultos, em usar práticas pedagógicas atualizadas e eficientes, com conteúdos significativos e úteis a vida dos alunos, que façam a diferença na hora de conseguir um trabalho, de disputar uma vaga em um curso técnico ou em um vestibular.
Fundamental, no qual segundo a escola, procura desenvolverprogressivamente a autonomia dos jovens e adultos, o pensamento lógico-temático, a consciência das relações existentes nas diferentes formas de vida no mundo, mediante a posição de atividades lúdicas que promovam a sociabilidade, cooperação, responsabilidade, criatividade, curiosidade, espontaneidade, estimulando novas relações a partir do que já conhece respeitando a individualidade de cada um.A prática é de grande importância para que o estagiário possa ter consciência da realidade dos alunos e professores dessa modalidade de ensino, quando observa adquiri experiência, quando questiona, são sanadas dúvidas antes mesmo da própria prática. A monitoria em realidades diversas como tem efetivado, é de grande riqueza cultural e para um futuro profissional.

2- DESENVOLVIMENTOA Educação de Jovens e Adultos deve ser compreendida como um Direito e um Dever do Estado. Nesse sentido, o caráter de suplência - de suprir necessidades daqueles que não tiveram acesso à educação na “idade própria” – deve ser eliminado. Não há uma idade própria para aprender - a infância, a adolescência, a juventude e a adultez - são tempos de aprender. Aprendemos ao longo da vida, aprendemos...
tracking img