Cisne negro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1342 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Apresentação

O presente trabalho tem por finalidade descrever as alterações psicopatológicas apresentadas pela atriz, Natalie Portman, no filme Cisne Negro.
Neste filme foi possível ver retratados pelo diretor Darren Aronosfsky, referências bem contundentes da teoria psicanalista, o drama vivido por pacientes esquizofrênicos.
Para nosso grupo de estudos esta foi uma oportunidade impar.Observar as alterações psicológicas que sofria a personagem “Nina”, tendo a visão teórica como lente de aumento, compreendendo melhor os sintomas e diagnóstico.

Caso Clinico
O filme é bastante simples. Nina (Natalie Portman) é uma bailarina que ganha o papel principal na peça “O Lago dos Cisnes”. Na história, uma princesa que se transforma em um cisne branco e precisa do amor sincero de umpríncipe para retornar à vida humana. O príncipe, porém, se enfeitiça pelo Cisne Negro, que apesar de dissimulado apresenta o poder da sedução. O Cisne Branco se suicida diante do fato.
Nina parece ter nascida para interpretar o Cisne Branco. Completamente castrada, mora com a mãe, que lhe controla todo o tempo. Seu quarto é cor de rosa, cheio de bichos de pelúcia, o que dá a idéia de pureza. Suaconexão com o sexo é infantil e imatura. O diretor mostra logo de cara que é na relação mãe e filha que mora o segredo do filme.
No filme, o pai de Nina nem sequer é mencionado. Dando a impressão que ela é produção independente da mãe controladora. A dependência é total. A ausência do pai, criou uma relação doentia entre mãe e filha. A mãe controla a filha, que permite o fato. A mãe de Nina éum dos personagem mais interessante do filme, pois mostra uma completa inconsciência do mal que faz para a filha. Sádica, alimenta o masoquismo da filha e vice e versa. Para conseguir interpretar o Cisne Negro, porém, Nina precisa se conectar ao seu lado mais ligado aos instintos. Para conseguir enxergar esse lado obscuro, Nina recebe ajuda de seu professor Thomas Leroy (Vincent Cassel). Elea intimida a provoca para que o seu lado negro surja das profundezas de sua personalidade (ou a falta dela). Sem a figura paterna do pai, Nina sente ali a presença masculina que pode cortar a relação doentia com a mãe. Seria como a resolução de um Complexo de Édipo tardio, com a interferência de um homem mais velho e experimentado.
Conforme Nina se aproxima de seu lado obscuro, maior aresistência e a culpa. O ódio pela mãe, antes enterrado profundamente, começa a aparecer e se torna algo insuportável. É neste momento que a consciência de Nina se parte ao meio. Descobrimos que a personagem é esquizofrênica. O próprio nome da doença já dá a pista: “esquizo” significa corte ao meio. Nina agora possui duas identidades: o Cisne Branco e o Cisne Negro. E é neste momento que ela se perde emsi mesma, caindo no abismo de um terror sem nome, da falta de significado de seu mundo interno. É uma ruptura tão dolorosa que ela não suporta, mas. não importam as consequências, ela precisa chegar até o final da apresentação, até o final de sua satisfação.
O diretor busca em todos os momentos mostrar essa dualidade. O branco e o preto aparecem em todos os momentos do filme, em roupas ecenários. A utilização de espelhos nos remete facilmente à teoria lacaniana. Nina sempre tem um espelho à sua frente e é ali que ela se confronta com a figura do outro. O ódio pela mãe, por exemplo, é projetado a todo o momento na figura da colega Lilly (Mila Kunis). Lilly seria o Cisne Negro perfeito, uma mulher atraente e sem culpas. Nina enxerga nela, a sua outra parte. Ao mesmo tempo, dentro doconflito de seu aparelho psíquico, sente inveja e admiração por Lilly.
Assim, Nina se confunde com Lilly, enxerga nela a parte do quebra-cabeças que falta para seu mundo interno se completar. No fim, Nina se entrega a essa parte obscura de si mesma. Entrar em contato com o Cisne Negro foi insuportável para Nina, assim como continuar atuando na vida como o Cisne Branco era um se arrastar...
tracking img