Cisalhamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1196 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CISALHAMENTO

Trabalho acadêmico apresentado a disciplina de Resistência dos Materiais do curso de Engenharia de Produção Faculdade Estácio Radial/ Curitiba
Professor: André
Turma – CCE0329

1 - Introdução Cisalhamento:
Pode ser que você não tenha se dado conta, mas já praticou o cisalhamento muitas vezes em sua vida. Afinal, ao cortar um tecido, ao fatiar um pedaço de queijo ou cortaraparas do papel com uma guilhotina, estamos fazendo o cisalhamento.
No caso de metais, podemos praticar o cisalhamento com tesouras, prensas de corte, dispositivos especiais ou simplesmente aplicando esforços que resultem em forças cortantes. Ao ocorrer o corte, as partes se movimentam paralela-mente, por escorregamento, uma sobre a outra, separando-se. A esse fenômeno damos o nome decisalhamento.
Todo material apresenta certa resistência ao cisalhamento. Saber até onde vai esta resistência é muito importante, principalmente na estamparia, que envolve corte de chapas, ou nas uniões de chapas por solda, por rebites ou por parafusos, onde a força cortante é o principal esforço que as uniões vão ter de suportar. Nesta aula você ficará conhecendo dois modos de calcular a tensão decisalhamento: realizando o ensaio de cisalhamento e utilizando o valor de resistência à tração do material. E ficará sabendo como são feitos os ensaios de cisalhamento de alguns componentes mais sujeitos aos esforços cortantes.
2 - A força que produz o cisalhamento
Ao estudar os ensaios de tração e de compressão, você ficou sabendo que, nos dois casos, a força aplicada sobre os corpos de prova atua aolongo do eixo longitudinal do corpo.



Ensaio de cisalhamento:


No caso do cisalhamento, a força é aplicada ao corpo na direção perpendicular ao seu eixo longitudinal. Esta força cortante, aplicada no plano da seção transversal (plano de tensão),provoca o cisalhamento.
Como resposta ao esforço cortante, o material desenvolve em cada um dos pontos de sua seção transversal uma reaçãochamada resistência ao cisalhamento.
A resistência de um material ao cisalhamento, dentro de uma determinada situação de uso, pode ser determinada por meio do ensaio de cisalhamento.
3 - Como é feito o ensaio de cisalhamento:
A forma do produto final afeta sua resistência ao cisalhamento. São por essa razão que o ensaio de cisalhamento é mais freqüentemente feito em produtos acabados, tais comopinos, rebites, parafusos, cordões de solda, barras e chapas.
É também por isso que não existem normas para especificação dos corpos de prova. Quando é o caso, cada empresa desenvolve seus próprios modelos, em função das necessidades.
Do mesmo modo que nos ensaios de tração e de compressão, a velocidade de aplicação da carga deve ser lenta, para não afetar os resultados do ensaio.
Normalmente oensaio é realizado na máquina universal de ensaios, à qual se adaptam alguns dispositivos, dependendo do tipo de produto a ser ensaiado.
Para ensaios de pinos, rebites e parafusos utilizam-se um dispositivo como o que está representado na figura a seguir, de uma forma simples.

O dispositivo é fixado na máquina de ensaio e os rebites, parafusos ou pinos são inseridos entre as duas partesmóveis. Ao se aplicar uma tensão de tração ou compressão no dispositivo, transmite-se uma força cortante à seção transversal do produto ensaiado.
No decorrer do ensaio, esta força será elevada até que ocorra a ruptura do corpo. No caso de ensaio de solda, utilizam-se corpos de prova semelhantes aos empregados em ensaios de pinos. Só que, em vez dos pinos, utilizam-se junções soldadas.
Para ensaiarbarras, presas ao longo de seu comprimento, com uma extremidade livre, utiliza-se o dispositivo abaixo:
No caso de ensaio de chapas, emprega-se um estampo para corte, como o que é mostrado a seguir. Neste ensaio normalmente determina-se somente a tensão de cisalhamento,isto é, o valor da força que provoca a ruptura da seção transversal do corpo ensaiado. Quer saber mais sobre a tensão de...
tracking img