Cirturgia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1260 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A cirurgia, do grego Keirourgia (kheiros, mão e ergon, obra), é o segmento da medicina que tem como proposta curar pelas mãos. Ela tem fundamentos na ciência, através de sua renovação dinâmica, e na arte, exigindo habilidade das mãos do cirurgião, característica essa que é inerente a determinados indivíduos, como em qualquer outra arte. (TUBINO, Paulo; ALVES, Elaine)
Porém, é indispensável àcirurgia o raciocínio lógico baseado em ciências consolidadas e, até mesmo, a criação inventiva, apesar de que se deve evitar a improvisação sempre que possível. (GOFFI)
Antes, a cirurgia era um recurso de última escolha para doentes que não havia mais medidas terapêuticas, mas, hoje, ela tem sido opção de escolha para o tratamento de algumas doenças, sendo exigido do cirurgião, além da técnicacirúrgica, o conhecimento de anatomia, fisiologia, bioquímica, imunologia, bacteriologia, metabolismo. (TUBINO, Paulo; ALVES, Elaine)
Ainda nos tempos neolíticos, identificou-se o primeiro procedimento cirúrgico, a trepanação, que consistia na retirada de um pequeno fragmento ósseo do crânio por razões religiosas, mas também médicas. (TUBINO, Paulo; ALVES, Elaine)
A evolução da arte da Cirurgia énotável desde os primeiros registros há cerca de 4.000 anos a.C. Iniciou-se com a cirurgia empírica, dispondo de conhecimentos ínfimos, até mesmo errôneos, da anatomia e fisiologia, tornando intuitiva e artesanal a prática cirúrgica. (MARQUES, 2008)
O primeiro manuscrito relacionado à prática cirúrgica vem da Mesopotâmia, por volta de 2.000 anos a.C, contendo leis sobre operações cirúrgicas,honorários e comportamentos profissionais. No mesmo período, egípcios mostraram seu conhecimento sobre anatomia e fisiologia, descrevendo o cérebro, as membranas, diversas formas de patologias como úlceras, tumores, ferimentos e fraturas, e diversas outras patologias com seus respectivos tratamentos. (ANAL)
No século IV a.C, na Índia, houve grande desenvolvimento da cirúrgica plástica, especialmente darinoplastia, visto que os prisioneiros de guerra e adúlteros eram castigados com a amputação do nariz, sendo feita sua reconstrução com enxerto proveniente da testa. (TUBINO, Paulo; ALVES, Elaine)
Gregos e romanos descreveram a cultura babilônia e egípcia. O clímax da medicina grega veio com Hipócrates (séc.IV a.C) através de sua obra Corpus Hippocraticum contém De Chirurgia, uma pequena coleçãode procedimentos cirúrgicos. O mais importante tratado cirúrgico do Império Romano, De Re Medica, escrito por Aulo Comelio Celso (séc.I a.C), no qual aparece listados os sinais de inflamação e descritos procedimentos cirúrgicos para fimose, hérnia e colelitíase.
Durante a Idade Média tanto a cirurgia quanto a medicina, especialmente em relação aos conceitos anatômicos, sofreram regressão, devidoà crença de que a cura era decorrente da oração. Práticas cirúrgicas eram condenadas pelo clérigo, e frequentemente as operações eram conduzidas por barbeiros, que eram iletrados e leigos. (anal) O médico pertencia à igreja e falava latim, e o seu ensino passou a ser totalmente dogmático, importando-se mais com a discussão teórica, visto que qualquer ação manual era considerada desonrosa. (PauloTurbino)
No século XVI, Ambroise Paré dedicou todo seu tempo à cirurgia, proporcionando aos cirurgiões da época atingir sua autonomia. Ele é considerado o fundador da ortopedia e alterou o tratamento de feridas que, até então, eram cauterizadas e queimadas com óleo. Mostrou que poderia tratar as feridas com gema de ovo, mel e terebintina. (TUBINO, Paulo; ALVES, Elaine)
Somente durante oRenanscimento (séc.XVII) houve a renovação e o desenvolvimento de técnicas cirúrgicas. O mais importante nome da cirurgia dessa época foi Giovanni da Vigo, Gabriele Falloppio, Guido Guidi, Gaspare Tagliacozzi e Marco Aurelio Severino. Durante o século XVIII, o progresso tornou-se metódico e sistemático, tendo grande avanço devido aos estudos da anatomia patológica.
Os consideráveis avanços na...
tracking img