Circulacao pulmonar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3558 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Tipos de circulação
As circulações pulmonar e sistêmica (Pequena e Grande Circulação)
O Sangue é bombeado do ventrículo esquerdo para a aorta. A aorta divide-se e subdivide-se formando várias artérias, que transportam sangue oxigenado para cada parte do organismo, exceto para os pulmões. O padrão das ramificações das artérias que transportam sangue de mesma composição para cada órgão édenominado paralelo.
Após o sangue passar através dos capilares nos órgãos individuais, ele penetra nas veias. Veias de pequeno calibre juntam-se para progressivamente formar veias de calibres maiores, até que o fluxo sanguíneo total seja liberado para o átrio direito através da veia cava. Os vasos sanguíneos entre a aorta e a veia cava (incluindo os vasos sanguíneos de todos os órgãos exceto o pulmão)são denominados coletivamente circulação sistêmica ou grande circulação. O sangue passa do átrio direito para o ventrículo direito, que bombeia para a artéria pulmonar.
A artéria pulmonar ramifica-se em artérias de calibre cada vez menores, que transportam sangue para cada capilar pulmonar. O sangue dos capilares pulmonares é coletado nas veias pulmonares e levado para o átrio esquerdo. O sangueretorna então para o ventrículo esquerdo. Os vasos sanguíneos dos pulmões constituem então a circulação pulmonar ou pequena circulação. O conjunto circulação pulmonar e coração recebe a denominação circulação central.
A circulação pulmonar e a circulação sistêmica estão dispostas em série, isto é, o sangue tem que passar através dos vasos pulmonares a cada passagem pela circulação sistêmica.
Emuma passagem pela circulação sistêmica, o sangue geralmente encontra somente um leito capilar antes de ser coletado em veias e retornar ao coração. Há três exceções para essa regra. A primeira é a circulação esplâncnica (suprimento sanguíneo dos órgãos do sistema digestivo). O sangue que deixa os capilares gástricos, esplênicos ou mesentéricos entra na veia porta. A veia porta transporta o sanguevenoso esplênico para o fígado, onde o sangue passa através de outro conjunto de capilares antes de retornar ao coração. Esta disposição de dois sistemas de capilares em série é conhecida por sistema porta. O sistema porta esplâncnico permite que os nutrientes que foram absorvidos pelo trato gastrointestinal sejam liberados diretamente para o fígado. Lá os nutrientes são transformados paraarmazenamento ou passam para a circulação geral. O fígado também recebe certa quantidade de sangue diretamente da aorta através da artéria hepática.
Os rins possuem um segundo exemplo de sistema porta. O sangue penetra no rim através da artéria renal e passa por dois conjuntos de capilares (chamados de glomerular e tubular) antes de retornar ao lado venoso da circulação sistêmica. Grandes quantidadesde água, eletrólitos e outros solutos são filtrados do sangue conforme ele passa pelos capilares glomerulares. A maioria desse material filtrado é subsequentemente reabsorvida pela corrente sanguínea enquanto flui por esses capilares peritubulares. O restante torna-se urina. Os rins utilizam desse sistema porta renal para ajustar as concentrações de água, eletrólitos e outros solutos no sangue.
Oterceiro sistema porta é encontrado no cérebro e é importante no controle da secreção hormonal da glândula pituitária (também denominada glândula hipófise). Depois de passar por capilares do hipotálamo, o sangue entra nos vasos porta que o transportam à glândula pituitária anterior (adenipófise) e a outro conjunto de capilares. Substâncias que controlam a liberação dos hormônios hipofisários sãoadicionadas ao sangue à medida que ele passa pelos capilares do hipotálamo. Quando esse sangue atinge os capilares na adenipófise, essas substâncias difundem-se da corrente sanguínea para o líquido intersticial da hipófise, onde atuam nas células hipofisárias para estimular ou inibir a secreção de hormônios específicos. Esse sistema é chamado de sistema porta hipotalâmico-hipofisário.
Em resumo...
tracking img