Ciranda financeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3163 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]











MATÉRIA: Administração Financeira

TEMA DO TRABALHO: Estrutura de mercado, Ciranda financeira e evolução do mercado financeiro.

PROFESSOR: Marcos Vinicius

Aluno: Lucas Ribeiro







RIO DE JANEIRO

2012

SUMÁRIO



1 ESTRUTURA DE MERCADO..............................................1



2 A EVOLUÇÃO DO MERCADO FINANCEIRO NO BRASIL......33 CIRANDA FINANCEIRA...................................................10



4 CONCLUSÃO..................................................................13



4 BIBLIOGRAFIAS..............................................................13





















ESTRUTURAS DE MERCADO

O comportamento de ofertantes e demandantes no mercado não é uniforme.

Emdecorrência da própria dinâmica da economia capitalista, o poder dos diferentes agentes econômicos é também diferenciado.

Veremos a seguir as características básicas dos principais tipos de mercado.

Concorrência perfeita: grande número de consumidores e ofertantes, tornando o mercado pulverizado de tal forma que nenhum comprador ou vendedor tenha condições de influenciar os preços ou ocomportamento dos demais agentes;- perfeito conhecimento do mercado, a começar pelo preço, por parte dos que o integram;- perfeita mobilidade de recursos;- ausência de entraves ao ingresso de novas empresas;- homogeneidade de produtos.

Exemplos: feira livre, comércio varejista em geral.

Concorrência monopolística: grande número de empresas; - fracas barreiras quanto ao ingresso e saída do mercado;- pouca diferenciação dos produtos. Cada concorrente estabelece um produto único e ligeiramente diferenciado pela marca, embalagem, publicidade. A diferença é subjetiva.

Exemplos: calças jeans, pizzarias, franquias, etc.

Oligopólio: pequeno número de empresas controla a quase totalidade do mercado; - forte bloqueio à entrada de concorrentes; - concorrência pela diferenciação de produtos; -tendência à concentração de capitais através de fusões; - tendência à formação de cartéis e à rigidez de preços.

Exemplos: indústria automobilística, de vidros, cimento, aço, pneumáticos, química, petroquímica etc.

Monopólio: existência de uma única empresa produtora de bens e serviços para os quais, no curto prazo, nãoexistem substitutos próximos; - barreiras legais, tecnológicas eeconômicas ao ingresso de concorrentes no mercado; 15 - dimensões do mercado estabelecidas pela empresa via determinação prévia do volume de produção e dos preços desejáveis; - o lucro total da empresa é máximo para cada nível de produção e preço por ela estabelecido.

Exemplo: correios.

Monopsônio: uma única empresa compradora de determinado produto; - preço determinado pelo comprador.

Exemplo:setor público na compra de produtos específicos.

Oligopsônio: poucas empresas compradoras; - preço do produto determinado pelos demandantes; - grande dificuldade de entrada no mercado para novos compradores.

Exemplo: indústria automobilística, fábricas de cigarros.















A evolução do mercado financeiro no Brasil



A evolução do mercado financeiro ocorrenitidamente no país a partir da segunda metade da década dos anos 60. O país passa por uma grande reforma bancária e com isso foi criado o Banco Central, sendo que o país não possuía um até o momento. Os principais objetivos da Reforma Bancária de 1964 foram à criação do Banco Central e a concessão de autonomia das Autoridades Monetárias em relação ao Governo Federal.



A autonomia se caracterizavapelo fato do Conselho Monetário Nacional, órgão de cúpula da política monetária, que deliberava pela maioria simples dos seus membros, ter seis membros com mandatos fixos e três membros demissíveis pelo Presidente da República: o Ministro da Fazenda, que presidia o Conselho, e os presidentes do Banco do Brasil e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE). A diretoria do Banco Central...
tracking img