Cipa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2209 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Luiz Carlos Santos Ribeiro

CIPA
Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

Colégio Estadual Professor Francisco Villanueva
Abril / 2012
Luiz Carlos Santos Ribeiro
Disciplina: Legislação em Segurança do Trabalho
Professora Katia Rossana Roosen-Runge

CIPA
Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho/CIPA,visa a proteção dasaúde dos trabalhadores
dentro das empresas. A constituição de órgãos dessa natureza dentro das empresas foi determinada pela
ocorrência significativa e crescente de acidentes e doenças típicas do trabalho em todos os países que se
industrializaram. A participação dos trabalhadores nesses órgãos tem variados a depender do nível de
democracia e da organização, força e poder derepresentação da classe trabalhadora em cada país.

Colégio Estadual Professor Francisco Villanueva
Abril / 2012
Introdução
Todas as organizações modernas se baseiam em normas e princípios administrativos, sabendo disto buscou-se neste relatório compreender os princípios administrativos utilizados pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, de modo a possibilitar uma melhor prevenção de acidentesdo trabalho. Para atingir os objetivos propostos foram realizadas pesquisas bibliográficas e nas normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego.
A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) é um instrumento que os trabalhadores dispõem para tratar da prevenção de acidentes do trabalho, das condições do ambiente do trabalho e de todos os aspectos que afetam sua saúde esegurança. A CIPA é regulamentada pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) nos artigos 162 a 165 e pela Norma Regulamentadora 5 (NR-5), contida na portaria 3.214 de 08.06.78 baixada pelo Ministério do Trabalho. .
A constituição de órgãos dessa natureza dentro das empresas foideterminada pela ocorrência significativa e crescente de acidentes e doenças típicas do trabalho em todos os países que se industrializaram.
A CIPA é composta de representantes do empregador e dos empregados, de acordo com o dimensionamento previsto, ressalvadas as alterações disciplinadas em atos normativos para setores econômicos específicos. No Brasil, esta participação, prevista na CLT, serestringe a CIPA, onde os trabalhadores formalmente ocupam metade de sua composição após eleições diretas e anuais.

CIPA
Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

História da CIPA

Originada durante o governo do presidente Getúlio Vargas, em 1944, a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA completou 67 anos de existência no último dia 10 de novembro de 2011. Coube a ela omérito pelos primeiros passos decisivos para a implantação da prevenção de acidentes do trabalho no Brasil.
A CIPA surgiu quando a sociedade e alguns empresários já tinham detectado a necessidade de se fazer alguma coisa para prevenir acidentes do trabalho no Brasil. Em 1941, no Rio de Janeiro, foi fundada a Associação Brasileira para Prevenção de Acidentes (ABPA). Outras experiências também jáexistiam como das empresas estrangeiras de geração e distribuição de energia elétrica, Light and Power, em São Paulo e no Rio de Janeiro, que há anos já possuíam Comissões de Prevenção de Acidentes.
Outros méritos da existência da CIPA são demonstrar que os acidentes de trabalho não eram ficção e criar a necessidade de ações prevencionistas além das que constavam como sua obrigação.
A CIPA temsua origem no artigo 82 do Decreto-Lei 7.036, de 10 de novembro de 1944. Apesar do tempo de existência e da tradição da sigla, a CIPA ainda não adquiriu estabilidade organizacional e funcional. Isto em razão dos avanços e recuos, dos altos e baixos resultantes das diversas regulamentações a que foi submetida em meio século de vida.

O que é CIPA?

A Comissão Interna de Prevenção...
tracking img