Cimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 48 (11909 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COMPÊNDIO SOBRE
FABRICAÇÃO DE CIMENTO
PORTLAND

Luciano Resk Lemos
Luanda, 30 de setembro de 2007.
Revisão: 04 de Setembro de 2009.
1)

2) Fluxograma simplificado de fabricação de cimento com gesso:

3) Materiais necessários:
1. Clínquer: O Cimento é fabricado geralmente com 75-90% de calcário e 10-25% de argila, sendo mais freqüentemente usado:
a. Calcário - 90%
b.Argila - 10%

2. Adições ao Clínquer:
c. Após o resfriamento, o clínquer é moído em partículas menores que 75μm de diâmetro. Na fase de moagem, o cimento Portland recebe algumas adições, que permitem a produção de diversos tipos de cimentos disponíveis no mercado.
d. O gesso é adicionado ao cimento com o objetivo de controlar o tempo de pega do cimento. Sem sua adição, o cimentoendureceria muito rapidamente, uma vez misturado à água de amassamento, inviabilizando sua utilização. Esta é razão do gesso ser adicionado a todos os tipos cimento Portland, em geral na proporção de 3% de gesso para 97% de clínquer.
e. As escórias de alto-forno, obtidas durante a produção do ferro-gusa, têm propriedade de ligante hidráulico muito resistente, reagindo em presença da água,com características aglomerantes muito semelhante à do clínquer. Adicionada à moagem do clínquer e gesso, em proporções adequadas, a escória de alto-forno melhora algumas propriedades do cimento, como a durabilidade e a resistência final.
f. Os materiais pozolânicos são rochas vulcânicas ou matérias orgânicas fossilizadas encontradas na natureza, algumas argilas queimadas em temperaturaselevadas (500 a 900ºC) e derivados da queima de carvão mineral. Quando pulverizados em partículas muito finas, os materiais pozolânicos apresentam a propriedade de ligante hidráulico, porém um pouco distinta das escórias de alto-forno. É que as reações de endurecimento só ocorrem, além da água, na presença do clínquer, que em sua hidratação libera hidróxido de cálcio (Cal) que reage com apozolana. O cimento enriquecido com pozolana adquire maior impermeabilidade.
g. Os materiais carbonáticos são rochas moídas, que apresentam carbonato de cálcio em sua constituição tais como o próprio calcário. Tal adição torna os concretos e argamassas mais trabalháveis e quando presentes no cimento são conhecidos como fíler calcário.

4) Composição de Cimentos:

5) Custos e Preços Nacionais:O custo de produção de cimento apresenta variações dependendo principalmente da capacidade de produção da unidade industrial e do tipo de cimento fabricado. As empresas que produzem cimento com adições de escória de alto forno ou com adições de cinzas pozolânicas apresentam menores custos.

A capacidade de produção, determinada pelos principais equipamentos, forno e moinhos, também influencianos custos, havendo uma tendência atual para fábricas com capacidade acima de 1 milhão t/ano. Unidades de menor porte tendem a apresentar rendimentos inferiores em termos de consumo de combustíveis e de energia elétrica, além de apresentarem uma relação investimento/t do produto mais elevada.

O quadro a seguir apresenta uma estimativa de custos para uma fábrica de cimento portland comum comcapacidade de 1,2 milhões t/ano operando a cerca de 85% da capacidade (1.0 milhão t/ano).
Custos para uma fábrica com produção de 1,0 milhão t/ano: Custos US$/t %

Entre os custos variáveis, o combustível (geralmente óleo) e a energia elétrica são os mais importantes, representando respectivamente cerca de 36% e 21% e atingindo portanto 57% dos custos variáveis.

Considerando-se uma rentabilidadede 15% a.a. sobre um investimento de US$ 180 milhões, uma fábrica para produzir 1,0 milhão t/ano de cimento, com custos estimados como no quadro apresentado, deve ter uma geração líquida de US$ 27 milhões/ano.

6) Principais Definições de Minerais e Materiais Utilizados na Fabricação do Cimento:

6.1 Solo
Em agricultura e geologia, solo (crosta terrestre) é a camada que recobre as rochas,...
tracking img