Ciencias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 150 (37260 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O menino selvagem
Estudo do caso de uma criança selvagem retratado no filme "O menino selvagem" de François Truffaut

Trabalho realizado por Jorge Gonçalves e Maria Alexandra Peixoto no âmbito da Cadeira de História e Filosofia da Educação leccionada pela Prof. Olga Pombo ano lectivo 2000/2001. Este trabalho teve por base uma primeira versão da autoria de Mónica Caldeira e Dora Oliveirarealizada no ano lectivo de 1999/2000

1

”Torvado vem na vista, como aquele que não se vira nunca em tal extremo. Nem ele entende a nós, nem nós a ele, Selvagem mais que o bruto Polifemo. Começo-lhe a mostrar da rica pele De Colcos o gentil metal supremo A prata fina, a quente especiaria A nada disto o bruto se movia” Camões, Lusíadas, V, 28

“É na linguagem que o homem se constitui como sujeitoporque só na linguagem é que se funda a realidade” Benveniste, Problèmes de linguistique générale, Paris: Gallimard, 1996, p. 259

2

ÍNDICE

• • • • • • • • • • • • • •

Ficha Técnica do Filme O Realizador – François Truffat Resumo do Filme Momentos do Filme Entrevista com François Truffault, “Como Filmei "O Menino selvagem" Críticas ao Filme O Conceito de Selvagem: Jean-JacquesRousseau e Lévi-Strauss Outros Casos de Crianças Selvagens Caracterização Inicial do Selvagem de Aveyron Proposições do Prof. Itard para a Educação do Menino Selvagem Educação, Exemplos Bibliografia Anexo 1- Apresentação dos textos do Prof. Itard por Albert Merani Anexo 2- Da Educação de um Homem Selvagem ou dos Primeiros Progressos Físicos e Morais do Jovem Selvagem de Aveyron por Jean-Marc GaspardItard Ensino ou Instrução do Menino Selvagem: Alguns



Anexo 3 - Relatório Apresentado ao Excelentíssimo senhor Ministro do Interior sobre os Novos Desenvolvimentos de Victor Aveyron

3

FICHA TÉCNICA DO FILME
Titulo: “L’enfant sauvage” Realizador: François Truffaut Interpretação: François Truffaut (Dr. Jean Ttard), Jean-Pierre Cargol (Victor de l’Aveyron), Françoise Seigner (Mme Guérin).,Paul Villé (o velho Rémy), Jean Dasté (Philippe Pinel), Claude Miller (Sr. Lémeri), Annie Miller (Mme Lémeri), Mathieu Shiffman (Mathieu), René Levert (Comissário), Pierre Fabre (enfermeiro), Nathan Miller (o bebé Lémeri), Jeam Mondaroux (lê médicin de Jean Itard) Produção: Marcel Berbert e Claude Miller para "Les Films du Carrosse e Lês Artistes Associes' Montagem: Agnés Guillemot Música: AntómoVivaidi, em interpretações dirigidas por Antoine Duhamel Argumento e diálogos: François Truffaut e Jean Gruault baseado em "Mémorie et Rapport sur Victor d’Aveyron de Jean Itard (1806)" Director de fotografia: Nestor Almendros Operador de camera: Philippe Theaudiere Decoração e guarda roupa: Jean Mondaroux e Gin Magnini Som: René Levert Exteriores: Auvergne (paisagem natural) Gravação/Filmagem:Julho/Agosto 1969 Cópia da Cinemateca Francesa, em 35 mm, preto e branco, versão original sem legendas Duração: 86 minutos Estreia Mundial: Paris, 26 de Fevereiro de 1970 nas salas. Concorde, Bilboquet, Club 15, Quartier Latin, Lumière (Estreia em Portugal: Estúdio 444, 28 de Abril de 1971) Prémios: Palma de Ouro do Festival Valladolid, Christopher Award, Fémina Belge.

4

O REALIZADOR –FRANÇOIS TRUFFAUT

Cineasta francês, nasceu em Paris a 6 - II - 1932 e morreu em Neuilly, nos arredores da capital francesa, a 21 - X - 1984. «Em nenhum cineasta (...) o desejo de filmar foi tão absoluto. Mas também, talvez por isso, nenhum cineasta como Truffaut sacrificou tanto à conservação deste privilégio». Quem o afirmou foi o realizador português António Pedro Vasconcelos. E, de facto, Truffautpode ser considerado como um dos cineastas de todo o mundo que mais viveu para o cinema, que mais o serviu com obras incomparavelmente belas. O seu interesse pela Sétima Arte revela-se ainda muito cedo, na

adolescência, quando depois de viver uma infância atribulada e miserável, começa por frequentar assiduamente a Cinemateca Francesa e numerosos cine-clubes. A partir de 1951, passa a...
tracking img