Ciencias sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1723 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DANIELA VALE






















TRANSFORMAÇÕES NO MUNDO DO TRABALHO


























Resumo dos Capitulos “6,7 e 8” da disciplina de Ciências Sociais
, ministrada pelo
Prof. Eduardo Lucas Pinto













UNIP - UNIVERSIDADE PAULISTA
SÃO PAULO
2012





TRANSFORMAÇÕES NO MUNDO DO TRABALHO

Com ocrescimento da mecanização das atividades agrárias, houve uma redução do numero de empregos oferecidos nas áreas rurais, e esse fator tem feito com que esses trabalhadores migrem para as grandes metrópoles atrás de novas oportunidades, causando um crescimento sem precedentes da população urbana.
Em 1970 teve inicio o processo de flexibilização da produção.
O controle de qualidade da produção epolivalencia de tarefas, com a terceirização e subcontratação de trabalhadores.
Nessa nova estrutura na qual não se tem a certeza dos lucros, todos têm acesso a tecnologia, o que torna a concorrência muito maior, e surge então a necessidade de redução dos gastos e de uma gestão mais enxuta, os investidores se voltam para inovações tecnológicas que tenham efeitos racionalizados, contribuindo para oaumento do desemprego.
Desse modo a fonte de produtividade e crescimento se transfere da produção de mercadorias para a produção conhecimento.
Essas Transformações conduziram a flexibilização dos processos de trabalho além de provocarem a descentralização do processo produtivo
As empresas passam a investir em automação e em redução de chefias intermediarias o que resulta também na redução depessoal, desse modo o regime de trabalho e marcado pela instabilidade no posto, devido aos baixos níveis salariais e pelo desemprego estrutural, que é considerado hoje um dos principais problemas sociais.
Com isso as empresas mudam o perfil do trabalho desejado, o novo quadro do mercado requer um funcionário com perfil polivalente e altamente qualificado
As transformações ocorridas não sãoconseqüências apenas dos novos padrões tecnológicos, mas são determinadas por mudanças políticas, sociais e econômicas
Essa reconfiguração vem trazendo a diminuição de operário e o crescimento da terceirização dos serviços.
O trabalho informal conduz os trabalhadores a uma tarefa isolada e muitas vezes eles mesmos criam o seu próprio trabalho com possibilidade de mobilidade e horário flexível
Os Processosde terceirização e a informalidade crescem sob a forma de trabalho por conta própria em microempresas ou em domicilio e esse fator tem obscurecido o desemprego
A economia informal é o destino de grande parte dos trabalhadores que devido a falta de qualificação não conseguem inserção no mercado de trabalho formal.
A tendência geral de hierarquização do trabalho, fragilização dos vínculos eascendente desigualdade remuneratória são colocadas em evidencia, o que traz insegurança e torna a economia ineficiente.









POLITICA E RELAÇÕES DE PODER (Participação Política direto do cidadão)


A palavra política entrou para o Vocabulário designando a atividade de um grupo social pouco confiável, porem é preciso esclarecer que todos nós somos seres políticos e que política dizrespeito a uma comunidade organizada e formada por cidadãos.
O exercício do poder envolve uma relação de mando e obediência e se fundamenta na imposição de uma vontade sobre as outras vontades, as relações de poder estão presentes em todas as relações sociais.
O estado é uma instituição criada pelo homem com o intuito de proteger os seres humanos uns dos outros ele exerce seu poder através do uso dearmas e das leis. Max Weber o define como uma estrutura política que tem monopólio do uso legitimo da força física em determinado território
Para o Estado cumprir as suas funções em proteger a sociedade é necessário não apenas o uso do poder, mas sua legitimidade que provem da aceitação desse poder pela sociedade.
Os partidos políticos nasceram para defender os interesses grupais que são...
tracking img