Ciencias sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2593 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Ciências Sociais
Curso Superior de Administração – 2° Semestre
Profª. Ma. Cláudia Regina Benedetti














Campinas
2012
A construção da realidade fala a respeito da Sociologia do Conhecimento, no sentido de como o homem constrói o seupróprio conhecimento da realidade, tratando das relações entre o pensamento humano e dentro do contexto social qual ele vive.
O conhecimento pode ser definido como a interpretação que o indivíduo faz da sua realidade.
Vimos na obra vários temas abordados para entendermos mais sobre esta obra, como: Os fundamentos da vida cotidiana, a sociedade como realidade objetiva e a sociedade comorealidade subjetiva. Cada um destes temas descreve um pouco sobre a realidade da sociedade. A obra fala muito sobre cultura, indivíduo e sociedade, através da cultura que o homem adquire e os conhecimentos necessários á sua sobrevivência física e social, o individuo só é ser humano por existir cultura.
O Individuo não nasce membro da sociedade, nasce com a predisposição para asociabilidade e assim torna-se membro da sociedade pertencendo a vários grupos, tanto os indivíduos como os grupos constroem e influenciam na sociedade quanto à sociedade influencia nos grupos e nos indivíduos.
A socialização consiste em fazer com que o indivíduo seja capaz de interagir na sociedade de duas formas, que são: a socialização primária e a socialização secundária.
Segundo Karl Marxque desenvolveu uma teoria sobre a noção de liberdade e igualdade diz que a sociedade é um conjunto de atividades dos homens, ou ações humanas, e essas ações e que tornam  a sociedade possível. Essas ações ajudam a organização social, e mostram que o homem se relaciona uns com os outros.
A realidade cotidiana é a vida de cada indivíduo, com o tempo ela muda e junto com ela as relaçõessociais também mudam, o face a face com o outro é a principal forma de relacionamento social, em que duas consciências se apreendem mutuamente através de expressões subjetiva.
Em nosso mundo cotidiano encontramos diversos problemas entre o individuo e a sociedade, como a desigualdade social, onde quase sempre o rico sempre tem sua vez, tendo mais vantagens que o pobre.
Segundo dados daONU, em 2005 o Brasil era a 8º nação mais desigual do mundo, o índice Gini, que mede a desigualdade de renda, divulgou em 2009 que a do Brasil caiu de 0,58 para 0,52 (quanto mais próximo de 1, maior a desigualdade), porém a desigualdade ainda é grande. Para amenizar este problema é preciso ter melhor distribuição de renda aumentando o salário, melhoria na educação, oportunidades de trabalho,saneamento básico, saúde corporal, mental e social, planos de governos com melhor fiscalização.
Quem sabe assim há melhorias neste problema que cresce tanto no nosso país e nos países de subdesenvolvidos.
A desigualdade social não é o único problema que envolve a sociedade, mas também o racismo. Um Levantamento da Organização Não Governamental (ONG) SOS Racismo, apontou que 70% dasdenúncias que chegaram ao conhecimento da entidade aconteceram em escolas públicas ou privadas. De acordo com a Lei 10.639/03, o ensino da história da África e da cultura afro-brasileira deve ser incluído no currículo escolar na educação básica. Porém, segundo o coordenador estadual de Políticas Pró-Igualdade Racial (Cepir), Clever Machado, o conteúdo ainda é pouco aplicado. Para ele, a valorização dadiversidade deve ser trabalhada na escola desde a infância.
Já vimos vários casos de racismo aqui no Brasil, com pessoas simples ou de alta sociedade, um exemplo foi no futebol.
Na Libertadores de 2005, o atacante Grafite foi expulso no jogo entre São Paulo e Quilmes, da Argentina, após empurrar o rosto do zagueiro Desábato. Ao deixar o campo, Grafite garantiu que foi ofendido pelo...
tracking img