Ciencias sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1729 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nossos Termos de Uso atualizados entrarão em vigor em 25 de maio de 2012. Saiba mais.

Ciências sociais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ciências sociais é um ramo da ciência que estuda os aspectos sociais do mundo humano, ou seja, a vida social de indivíduos e grupos humanos. Isso inclui Antropologia,Biblioteconomia, Estudos dacomunicação, Economia, Administração, Arqueologia, Contabilidade, Geografia "Geografia humana", História, Linguística, Ciência política,Estatística, Psicologia social, Direito, Filosofia e Sociologia.


|Índice |
|  [esconder]  |
|1 Classificação das ciências |
|2 História |
|3 Sociologia|
|4 Campos |
|4.1 Antropologia |
|4.2 Economia |
|4.3 Pedagogia |
|4.4 Geografia Humana |
|4.5 História |
|4.6 Direito ||4.7 Linguística |
|4.8 Ciência política |
|4.9 Psicologia |
|4.10 Trabalho social |
|4.11 Sociologia |
|4.12 Filosofia |
|4.13 Administração |
|4.14 Outros campos|
|5 Educação |


[editar]Classificação das ciências

Diferenciam-se das artes e das humanidades pela preocupação metodológica. Os métodos das ciências sociais, como a observação participante e o survey, podem ser utilizados nas mais diversas áreas do conhecimento, não apenas na grande área das humanidades e artes, mas também nas ciências sociaisaplicadas, nas ciências da terra, nas ciências agrárias, nas ciências biomédicas, etc.

Embora polêmica, é comum a distinção entre ciências exatas e ciências humanas.


[editar]História

As ciências sociais germinaram na Europa do século XIX, mas foi no século XX, em decorrência das obras de Karl Marx, Emile Durkheim e Max Weber que as ciências sociais se desenvolveram. O carro-chefe foi asociologia: neologismo criado pelo francês Augusto Comte, seu primeiro professor.

Durkheim e seus pares se esmeraram na busca de regras de método que elevassem ao status científico o conhecimento sobre a sociedade. Marx, ao contrário, mal visto pelos seus pares, foi encontrar na classe trabalhadora sua identidade. As atrocidades das relações de trabalho da época fizeram com que ele atribuíssea esse grupo social, assim definido em relação ao sistema econômico capitalista, ora a força da transformação da sociedade, ora apenas uma peça do complexo quebra-cabeças da história. No meio-termo entre o academicismo e o militantismo, está a participação de Weber, para quem a ciência e a política são duas vocações distintas. Distintas, mas comensuráveis: ele próprio teórico da burocracia e doprocesso de modernização, contribuiu para a burocratização e modernização da Alemanha, ocupando cargos políticos.


[editar]Sociologia

Mas por que o carro-chefe foi a sociologia e não a ciência política, tão antiga como o nome de Maquiavel, ou a antropologia, também anterior? A resposta há de estar no momento histórico de consolidação do novo currículo do ensino superior europeu durante ocurto período de plena vigência do movimento intelectual conhecido como positivismo. Então, a nova disciplina, sociologia, veio renovar as outras duas já vigentes. Assim, um discípulo de Durkheim, Marcel Mauss, deu o tom da renovação da antropologia na França. Em um contexto diferente, o polaco Bronislaw Malinowski também contribuiu para a renovação da antropologia através do método...
tracking img