Ciencias sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1154 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Livros:


SINGER, Paul. Introdução a Economia Solidária. Perseu Abramo. Economia Nacional, 2002.
O professor e economista Paul Singer descreve as origens históricas e os princípios da economia solidária – em que a solidariedade se sobrepõe à competição – e defende a idéia de que ela poderá ser uma alternativa superior ao capitalismo por proporcionar às pessoas uma vida melhor, comsolidariedade e igualdade.

GAIGER, Luiz Inácio (Org.) Sentidos e experiências da Economia Solidária no Brasil. Porto Alegre: editora da UFRGS, 2004. 414p.

Esse livro apresenta os resultados da primeira pesquisa sobre Economia Solidária realizada em escala nacional no Brasil. No período 199-2003, diversas equipes de pesquisa trabalharam na coleta e análise de dados, buscando traçar um quadro amplo efidedigno desta nova realidade social e econômica, composta por inúmeras iniciativas populares de produção econômica, de comercialização e de crédito, baseadas todas na união de forças e nos princípios de autogestão e de cooperação. Da mesma forma, foram identificadas as organizações de apoio aos empreendimentos solidários, as instâncias representativas criadas por seus diferentes setores e asprincipais políticas públicas instituídas pelo Estado. Os capítulos do livro sintetizam as principais conclusões da pesquisa, em diferentes estados e regiões do país. Somando-se essas contribuições, têm-se um avanço importante de dados objetivos e na compreensão das razões de emergência e da economia solidária nos últimos anos, das suas lógicas de desenvolvimento e das possibilidades para que essasmúltiplas experiências se consolidem e ganhem um sentido decisivo para as lutas de emancipação dos trabalhadores. Com esse trabalho, a Rede de Estudos e Pesquisas UNITRABALHO visa oferecer mais um instrumento para o nosso pensar e o nosso agir transformador.

CATTANI, Antônio David. A outra economia. Porto Alegre: Veraz, 2003. 306p.

Inúmeras formas de organizar a produção material e os serviçosaparecem, atualmente, como alternativas à economia capitalista. Designadas por termos tais como economia solidária, socioeconomia, novo cooperativismo, empresas autogestionárias e outros, estas formas correspondem a realizações inovadoras, associadas a novos valores e princípios que se opõem às práticas excludentes, sócio e ambientalmente predatórias.
A construção do novo, do socialmente maisavançado, remete a processos complexos que ultrapassam a mediocridade e as limitações das relações de produção capitalistas. Nestas, os termos associados são: concorrência, exploração, acumulação compulsória, exclusão. A outra economia é regida pelos princípios de solidariedade, da sustentabilidade, da inclusão, enfim, da emancipação social. não se trata apenas de boas intenções, mas de realizaçõesconcretas, viáveis e, sobretudo, em acelerada expansão no mundo inteiro.
Esta obra constitui-se num esforço coletivo de teorizar sobre o processo em curso. Nela são conceituados, de maneira clara e rigorosa, os principais fenômenos e valores que rompem com os modelos dominantes e que dão consistência às alternativas.



PRZEWORSKI, Adam. Estado e economia no capitalismo. Rio de Janeiro: RelumeDumará, 1995.

Responsável por importante esforço de renovação do marxismo acadêmico, o autor analisa o papel dos partidos operários dentro do regime capitalista a partir de uma visada irônica e com base em métodos pouco ortodoxos.


SINGER, Paul. & SOUZA, André Ricardo de, (Orgs). A economia solidária no Brasil:
A auto gestão como resposta ao desemprego, 1ª Ed. São Paulo, Editora Contexto,2000.

O economista Paul Singer e o sociólogo André Ricardo de Souza reúnem textos de professores, pesquisadores e militantes, elaborando a mais completa obra sobre economia solidária no Brasil. Ao abordar diversos temas da economia solidária, tais como cooperativas, redes e fóruns, sindicalismo, autogestão, reforma agrária e papel da universidades, os organizadores vislumbram possibilidades...
tracking img