Ciencias escritas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Humilhação social- Um problema político em psicologia

Dentro do conceito da psicologia social os autores acreditam que psicanálise e marxismo são conceitos híbridos, ouseja, são visões de mundo diferentes, mas que dependem uma da outra.
A visão freudiana faz uma análise psicológica do individuo já a visão marxista faz uma análise coletiva doser humano. A psicologia social caracteriza-se não pela focalização do individuo mas pela exigência de encontrar o homem na sociedade.
A humilhação social é um fenômenohistórico, ela é ocasionada pela desigualdade política e faz com que exista exclusão de uma classe inteira de homens.
O individuo passa por um fenômeno de angustia externo e internode humilhação, podemos destacar que algumas vezes a humilhação social é determinada por mecanismos econômicos inconscientes, ou seja, trata-se de um fenômeno psicológico epolítico.
O ser humano humilhado perde a perspectiva de vida, podemos citar um exemplo, um bairro pobre de periferia é visto com um olhar de preconceito, o que faz com que osmoradores sintam vergonha de sua origem. Ao analisarmos a historia da origem das favelas podemos perceber que quando houve a emancipação dos escravos , não aconteceu a reforma urbananecessária , assim sendo ocorreu-se uma exclusão desse indivíduos. E fez com que essas pessoas passassem a se organizar de uma maneira que pudesse sobreviver, sem planejamentoe infra-estrutura, os escravos estavam libertos, mas não tinha recursos financeiros.
Sendo assim a sociedade como um todo fez com que os indivíduos fossem humilhadossocialmente, pois a desigualdade social gerada pelo sistema faz com que o ser humano seja equiparado uns aos outros, portanto aqueles que estão desfavorecidos sofrem descriminação.
tracking img