Ciencias economicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1742 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Funções demanda e oferta do primeiro grau


A demanda de um determinado bem é a quantidade desse bem que os consumidores pretendem adquirir em um certo intervalo de tempo (dia,mês,ano etc.).

A demanda de um bem é função de muitas variáveis: preço por unidade do produto, renda do consumidor, preços de bens substitutos, gastos etc. Supondo-se que todas as variáveis mantenham-seconstantes, exceto o preço unitário do próprio produto ( p ) , verifica-se que o preço p relaciona-se com a quantidade demandada ( x ). Chama-se função de demanda à relação entre p e x, indicada por p= f(x).

Em geral, quando nos referimos à função de demanda, estaremos nos referindo a um grupo de consumidores e a chamaremos função de demanda de mercado.

O gráfico de p em função de x é o de umafunção decrescente, pois quanto maior o preço, menor a quantidade demandada. Cada função de demanda depende dos valores em que ficaram fixadas as outras variáveis (renda, preço de bens substitutos etc.). Assim se for alterada a configuração dessas outras variáveis, teremos uma nova função de demanda.

Exemplo 01.

O número de sorvetes (x) demandados por semana numa sorveteria relaciona-se com opreço unitário (p) de acordo com a função de demanda p = 10 – 0,002.x .

Assim, se o preço por unidade for R$ 4,00, a quantidade x demandada por semana será dada por 4=10−0,002 → 0,002.=6 → =3.000


Chamamos oferta de um bem, em certo intervalo de tempo, à quantidade do bem que os vendedores desejam oferecer no mercado. A oferta é dependente de muitas variáveis: preço do bem, preçosdos insumos utilizados na produção, tecnologia utilizada etc. Mantidas constantes todas as variáveis exceto o preço do próprio bem, chamamos função de oferta à relação entre o preço do bem (p) e a quantidade ofertada (x) e a indicamos por p=g(x). Normalmente, o gráfico de p em função de x é o de uma função crescente, pois quanto maior o preço, maior a quantidade ofertada.

Exemplo 02.Admitamos que, para quantidades que não excedam sua capacidade de produção, a função de oferta da sorveteria, seja do primeiro grau. Suponhamos que, se o preço por sorvete for R$ 2,10, a quantidade ofertada será 350 por semana e, se o preço for R$ 2,40, a quantidade ofertada será 1.400.

A função oferta será: (350 ,2,10) (1400 ,2,40) =+

2,10=.350+ 2,40=.1400+

− 2,10= −350.−2,40=1400.+

0,30=1050.

= 0,301050= 13500


2,10=350.+ 2,10=350 .13500+

2,10=0,10 + 2,10−0,10= 2=


A função de oferta será = 13500+ 2


O ponto de equilíbrio de mercado trata-se do ponto de intersecção entre as curvas de demanda e oferta. Assim, temos um preço e uma quantidade de equilíbrio.

Exemplo 03.

Consideremos a função de demanda por sorvetes =10−0,002.e a função de oferta de sorvetes = 13500.+2

No ponto de equilíbrio, o preço é o mesmo nas curvas de demanda e de oferta.

13500+2=10−0,002 +7000=35000−7 +7=35000−7000 8=28000 =3500


Substituindo o valor de x encontrado em uma das curvas, por exemplo, na de oferta, teremos: = 13500.(3500)+2

=1+2 =3

Portanto, no ponto de equilíbrio, o preço do sorvete será R$ 3,00, e aquantidade semanal vendida será 3500 unidades.

O nome ponto de equilíbrio decorre do seguinte fato: se o preço cobrado for maior que R$ 3,00, a quantidade ofertada será maior que a demandada. Os produtores para se livrarem do excedente, tenderão a diminuir o preço, forçando-o em direção ao preço de equilíbrio. Por outro lado, se o preço for inferior a R$ 3,00 a demanda será maior que a oferta eesse excesso de demanda tende a fazer que o preço suba em direção ao preço de equilíbrio.


Exemplo 04. As funções de demanda e oferta de um produto são dadas por:

Demanda : =100−0,5.

Oferta : =10+0,5.

a) Qual o ponto de equilíbrio de mercado?

100−0,5.=10+0,5. − = −90 =90


Portanto, =100−0,5.(90)=100−45=55

b) Se o governo cobrar, junto ao produtor, um imposto...
tracking img