Ciencias contabeis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2601 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA- UNIDERP






DISCIPLINA: Economia

PREFESSORA: Ma. Renata Machado Garcia Dalpiaz











INFORMÁTICA: Setor que ganha cada vez mais força entre todas as classes brasileiras.





















CARUARU

2012

Resumo
Informática pode ser considerada como “informação automática”, ou seja, a utilização de métodos etécnicas no tratamento automático da informação, para tal é preciso uma ferramenta imprescindível: O computador.
A indústria da informática se situa nos dias atuais como uma das principais atividades empresariais no mundo, e no Brasil não poderia ser diferente, os produtos e serviços de informática estão ganhando cada dia mais força em todas as classes. Estudos recentes mostram como esse mercadovem crescendo e com isso as indústrias desse ramo se animam ainda mais em seus investimentos. A última estimativa de vendas da consultoria IDC era de 13,8 milhões de computadores vendidos no Brasil em 2010, o que representa 24% de crescimento em relação ao ano anterior. No primeiro trimestre do ano, o crescimento chegou a bater em 40% sobre o mesmo período de 2009. Quem tem também uma posição dedestaque nesse cenário são as lan houses, quem abrangem boa parte da população que ainda não tem um computador em casa. Segundo o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), 45% dos acessos à internet no Brasil foram feitos a partir deste locais em 2009. O número já chegou a ser maior (49%, em 2008), mas ainda é bastante expressivo. A tendência no segmento é de estabelecimentos de pequeno porte ebaixos custos, com até três funcionários, segundo o CGI. br. Grandes redes como a Monkey, que chegou a ter 60 lojas no país, entraram em extinção. Isso comprova que muito em breve, empresas que atuam nesse seguimento, e que antes eram consideradas de pequeno porte, estão se transformando em grandes empreendimentos.














O mercado da Informática no Brasil
Segundo umareportagem do Programa Pequenas empresas e grandes negócios, o mercado de informática está a todo vapor. O Brasil comercializou cerca de três milhões de computadores no primeiro trimestre de 2008. O resultado representa uma alta de mais de 18% em relação ao mesmo período do ano passado. A expectativa é de que o Brasil fechasse 2008 com 13 milhões de computadores vendidos, o que faria do país oquarto maior mercado de do mundo, ultrapassando até o Reino Unido. Na maioria das empresas, o computador já está presente em 54% dos negócios do país. E a grande maioria já utiliza internet banda larga. Neste aquecido mercado, pequenos empresários que se especializam em informatização e instalação de redes de computadores estão fazendo bons negócios.
O consumidor é a peça principal para quese possa compreender a dinâmica de um mercado. É através do conhecimento de suas preferências e padrões de comportamento que se criam metodologias adequadas de lançamento e manutenção de produtos e serviços no mercado. O estudo do consumidor, portanto, tem como uma das funções fornecerem às empresas e aos pesquisadores informações para a criação de novos produtos, para desenvolver novascaracterísticas, preços, canais e outros elementos do composto de marketing, a partir da compreensão do processo decisório de compra do indivíduo.
Podemos verificar, através dos meios de comunicação, seja ela, impressa ou televisiva, altas e baixas nos índices Nasdaq (que é o índice que mede o desempenho das empresas de alta tecnologia), entre outros fatos que ocorreram nos últimos cinco anos, como aInternet vem implementando mudanças no cotidiano de muitas pessoas em todo o mundo. Home Banking, tecnologia wap (que possibilita a utilização da Internet através de aparelhos celulares), conferências mundiais, entre outras facilidades, foram possíveis graças a essa imensa rede. Além das mudanças cotidianas, a Internet também vem interferindo, e muito, na economia e alavancando ainda mais a...
tracking img