Ciencias contabeis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11119 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO À CONTABILIDADE PROFESSOR: DR. PAULO SCHMIDT www.ufrgs.br/dcca/schmidt.htm pschmidt@ufrgs.br 1.CONTABILIDADE: A ORIGEM DA NECESSIDADE INFORMACIONAL A Contabilidade tem vivido nos últimos anos uma revolução em termos de sua história, visto que recentes trabalhos arqueológicos encontraram vestígios da utilização de sistemas contábeis na pré-história, durante o período Mesolítico. Operíodo pré-histórico Mesolítico foi compreendido entre 10.000 e 5.000 a.C. e foi marcado pelo aquecimento do clima da Terra pondo fim ao período glacial. Sua caracterização como período pré-histórico deve-se ao fato de situar-se antes do aparecimento da escrita. Fato que marcou o fim da pré-história. Esta mudança no clima da Terra favoreceu o aparecimento das primeiras grandes comunidades junto àsterras baixas do Oriente Próximo, especialmente onde abundantes nascentes tornavam estas áreas privilegiadas para o cultivo agrícola e para criação de animais. Em sítios arqueológicos do Oriente Próximo foram encontrados materiais utilizados por civilizações pré-históricas que caracterizaram um sistema contábil utilizado entre 8.000 e 3.000 a.C., constituído de pequenas fichas de barro. Estasescavações revelaram fatos magnânimes para a Contabilidade, colocando-a como a mola propulsora da criação da escrita e da contagem abstrata. É possível falar-se de arqueologia da Contabilidade, pois os vestígios encontrados de sistemas contábeis é produto do estudo científico de restos de culturas humanas derivadas de conhecimentos desenvolvidos em tempos pré-históricos. Esta nova fase no desenvolvimento dohomem na Terra, principalmente nas áreas mais férteis como a antiga Pérsia e Mesopotâmia, criou uma necessidade até então pouco considerada: o controle do produto da agricultura e da criação de animais. Era necessário um sistema para o registro da localização destas mercadorias, seus proprietários, possíveis dívidas surgidas com suas transferências e direitos dos antigos proprietários. Todasestas novas situações deveriam ser identificadas e registradas pelos homens pré-históricos, mas como poderia ser possível se ainda não existiam a escrita e a contagem em sentido abstrato? A resposta para esta pergunta pode estar em trabalhos de pesquisa arqueológicos, que mesmo não tendo a intenção original de buscarem esta resposta acabaram tropeçando na origem da Contabilidade. Para muitosestudiosos a origem da escrita não foi, como pensavam os antigos, uma invenção espontânea e súbita, nem o alfabeto teve origem divina como acreditavam até o século XVIII, nem a escrita iniciou com a pictografia (sistema primitivo de escrita em que se exprimiam as idéias por meio de cenas figuradas ou simbólicas). A teoria de que a escrita teve origem na pictografia perdurou por dois séculos (XVIII ao XX)quando as escavações iniciadas no princípio do século em Uruk, antiga cidade da Mesopotâmia e centro importante da civilização sumeriana, revelaram várias tábuas cuneiformes, bem como outras tábuas impressas de forma geométrica e outras formas. Em sítios arqueológicos em Israel, Síria, Iraque, Turquia e Irã foram encontrados pequenos artefatos de barro, chamados de fichas, datando de 8.000 a 3.000a.C.. Escavações também revelaram a existência de outros artefatos de barro assemelhados a caixas contendo fichas no seu interior e impressões externas - costume sumeriano para identificar devedores ou outras pessoas - que datavam, os mais antigos, de aproximadamente 3.250 a.C., denominados de envelopes. As fichas de barro foram classificadas em duas categorias: fichas simples e complexas. Assimples possuíam a forma de esferas, discos, cilindros, ovoides, triângulos, retângulos e revelam

traços de 8.000 a.C., sendo usadas principalmente em zonas rurais; as complexas, também com uma grande variedade de formas, porém com incisões ou pontuações e frequentemente perfuradas, eram usadas em muitas cidades e nos arredores dos templos. Estes pequenos objetos de barro espalhados por...
tracking img