Ciencia politica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdades Integradas de Mato Grosso do Sul
AEMS

A separação de poderes e as funções do estado

Francisca Alves
Isabella Freitas Silva
Prof. Clayton Barcelos
Direito.Turma B

Fevereiro - 2013
Três Lagoas - MS
A separação de poderes se incorporou ao constitucionalismo e foi concebida para assegurar a liberdade dos indivíduos, com objetivode aumentar a eficácia do estado pela distribuição entres órgãos. Sendo que a separação de poderes esta junto como sistema que se conjugam um legislativo, um executivo e umjudiciário.
O poder legislativo é o poder onde cria as leis, tendo como objetivo elaborar normas do direito de abrangência geral ou individual que são aplicas em toda sociedade. Olegislativo tem como função fiscalizar o poder Executivo, votar leis orçamentarias, e julgar determinadas pessoas como o Presidente da republica.
O poder executivo é onde executa asleis, porém varia de todos os pais. Nos países presidencialistas o poder executivo é representado pelo seu presidente, que é chefe do governo e do estado. Nos paísesparlamentaristas, o poder executivo fica dividido entre o primeiro-ministro, que é o chefe de governo, e o monarca que assume o cargo de chefe de estado. O executivo, porém, nem sempre seresume somente aos chefes. Em regimes democráticos, o presidente ou o primeiro-ministro conta com seu conselho de ministros, assessores, secretários, entre outros.
O poder judiciárioé onde julga as leis criadas pelo poder legislativo e de acordo com as regras constitucionais em determinado país, tendo como julgadores Ministros, desembargadores e Juízes queformam a classe dos magistrados. Desta forma o poder judiciário tem como julgar, aplicando a lei a um caso concreto que lhe é posto, resultante de um conflito de interesses.
tracking img