Ciencia politica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 35 (8721 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DOM BOSCO – UNDB
CURSO DE DIREITO
TURMA DIR RF 1
DISCIPLINA: CIÊNCIAS POLÍTICAS E ECONOMIA
PROFESSOR: EDUARDO KALINIEWICZ

TRABALHO EM GRUPO
QUESTÕES COM BASE NO LIVRO:
ELEMENTOS DA TEORIA GERAL DO ESTADO
(DALMO DE ABREU DALLARI)

SÃO LUIS/MA
2011
INTRODUÇÃO

O presente trabalho, realizado em grupo e trata-se basicamente de um questionário que compreende dentro da suatemática correlacionar os assuntos Teoria Geral do Estado e Ciência Política, escolhidos pelo professor para a 2ª avaliação da II Unidade da turma RF-1 VA do curso de Direito. É pretensão deste trabalho que todos do grupo contribuam com suas respostas e analisem as respostas de todos afim de que estudem os temas abordados nas questões e contribuam para uma boa concepção do trabalho, pois é umtrabalho de grupo.
Com o livro Elementos da Teoria Geral do Estado, de Dalmo de Abreu Dallari, nos baseamos para responder as questões com clareza. Os assuntos que foram trabalhados nos permitiram observar que Dalmo de Abreu Dallari expõe um amplo estudo das estruturas do estado e das transformações que este passa ao longo da história. A partir do estudo desta disciplina conhecemos melhor ofuncionamento do Estado e as formas de política que o envolvem. Teoria Geral do Estado com a Ciência Política para fins acadêmicos de compreensão sobre a importância do Estado no contexto sócio-político, pois os estudos relacionados a ambas as disciplinas só é possível com a devida compreensão sobre a estrutura do Estado, Dallari explica isso ao citar a observação de Max Weber sobre política: “o conjuntode esforços feitos com vista a participar do poder ou influenciar a divisão do poder, seja entre Estados seja no interior de um Estado”. Ou seja, Dallari explica bem sua visão sobre a importância da compreensão de Política e consequentemente o Estado
Quanto à organização do trabalho, é possível encontrar palavras destacadas para uma leitura mais detalhada.
Por fim, ressaltamos que através doestudo da visão da Dallari respondemos as questões que seguem.

1. Como surgiu o Estado Democrático complementado pela noção de Estado Constitucional?

A Grécia antiga foi o berço onde nasceu a democracia, é possível confirmar isso através de obras literárias de Platão (as leis) e Aristóteles (A Política) que revelam a noção de direito e sociedade da época, que geralmente discutia os maisvariados assuntos a fim de instituir as suas idéias a respeito da razão de todas as coisas, na Grécia a noção que as pessoas tinham a respeito de seus direitos era própria de um autoconhecimento, a Democracia nasceu na Grécia, porém a noção de Estado Democrático ainda não era a que conhecemos hoje em dia.
Conforme analisa Dallari, o Estado Democrático só surgiu mais a frente, das lutas contra o regimeabsolutista, como na passagem da Revolução francesa que derrubou o absolutismo no final do século XVIII e também durante o processo de Independência dos Estados Unidos, marco histórico considerado uma Revolução. Documentos como a “a Declaração de Independência dos Estados Unidos” e “Declaração de Direitos do Homem e do Cidadão” foram bastante influenciadas pelo Iluminismo e resultaram emprincípios usados por todos os Estados que se digam democráticos.
Devidamente por conseqüência do Estado Democrático surgiu o Estado Constitucional com a finalidade de organizar as teorias das Constituições propostas exatamente como um fator complementar do Estado. Esse complemento concedeu ao Estado a possibilidade de chegar ao modelo atual da democracia instituída. O Estado Democrático positivou osobjetivos fundamentais do Estado e, ao fazer isso, transformou-os em lei e pôs em si mesmo a obrigação legal de respeitá-los, promovê-los e cumpri-los.
O Brasil, por exemplo, é um Estado de Direito porque possui nas leis a limitação do exercício do poder político e, é um Estado Democrático porque o poder político é subordinado à soberania popular.
O Estado Constitucional, no qual toda a lei fica...
tracking img