Cidadania

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1) O fator mais negativo para a cidadania foi a escravidão
Explique na perspectiva do autor.
O Fator mais negativo para cidadania foi à escravidão, que no Brasil foi lento eambíguo pois, como afirma José Murilo de Carvalho, "a sociedade estava marcada por valores de hierarquia, de desigualdade; marcada pela ausência dos valores de liberdade e departicipação; marcada pela ausência da cidadania". Diz ainda o mesmo historiador: "Era uma sociedade em que a escravidão como prática, senão como valor, era amplamente aceita. Possuíamescravos não só os barões do açúcar e do café. Possuíam-nos também os pequenos fazendeiros de Minas Gerais, os pequenos comerciantes e burocratas das cidades, os padres seculares e asordens religiosas. Mais ainda: possuíam-nos os libertos. Negros e mulatos que escapavam da escravidão compravam seu próprio escravo se para tal dispusessem de recursos. A penetraçãodo escravismo ia ainda mais fundo: há casos registrados de escravos que possuíam escravos. O escravismo penetrava na própria cabeça escrava. Se é certo que ninguém no Brasilqueria ser escravo, é também certo que muitos aceitavam a idéia de possuir escravo". Escreve ainda o mesmo autor, ao comentar a "carga de preconceitos que estruturam nossa sociedade,bloqueiam a mobilidade, impedem a construção de uma nação democrática".

2) Outro grande obstaculo a expansão da cidadania herdado da colonia era
a propriedade rural(p.53), qualrelação do tamanho de uma propriedade
com os direitos? Explique melhor essa relação.

3) (...)O surgimento de uma classe operária deveria significar a possibilidade
da formaçãode cidadão mais ativo (p. 57), de fato significou?
Qual relação entre a presença da classe operária e o desenvolvimento
dos direitos sociais do Brasil da primeira república?
tracking img