Cidadania x assistencialismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (360 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A acomodação gerada pelo assistencialismo

Vivemos em uma sociedade capitalista que se alimenta da pobreza. O governo brasileiro oferece a sua população vários programas assistencialistas quepossuem formatos definidos e são por muitas vezes escandalizados pela corrupção, não resolvendo a desigualdade social. Os programas assistencialistas do governo só aumentam as desigualdades sociais, poiscausa certa dependência nas pessoas que participam desses programas.

O grande risco dos programas assistencialistas do governo é o de reduzir a questão social, puramente na sobrevivência doindivíduo, não promovendo a sua inclusão na sociedade, criando cada vez mais dependência. O assistencialismo acomoda o indivíduo impedindo que ele cresça o tornando mais pobre. O maior e mais publicadoprojeto governamental é o Fome Zero, demonstrando que, o fantasma da subnutrição e da desnutrição, causado pela miséria, continua vivendo no Brasil.

Segundo o jornalista brasileiro Gilberto Dimenstein,o cidadão brasileiro desfruta de uma cidadania aparente que ele denomina de cidadania de papel. A verdadeira democracia implica na conquista e efetividade dos direitos sociais, políticos e civis. Seassim não se constituir, a cidadania permanece imóvel no papel. Essa cidadania aparente surge através do desrespeito aos direitos fundamentais do homem, ao não suprir as suas necessidades básicas,camufladas em assistencialismo político. Isso se dá através da desnutrição, do desemprego e da pobreza.


Há necessidade de desenvolver ações concretas de geração de trabalho e renda, em vez deprojetos assistencialistas, para que grandes populações de jovens e adultos excluídos encontrem espaço no mercado de trabalho. É necessário viver deste trabalho, exercendo através dele, o exercício dacidadania, interferindo na sociedade de maneira produtiva.


O Brasil é uma das maiores economias do planeta e, ao mesmo tempo, um dos lugares mais socialmente injustos para se morar, que ainda não...
tracking img