Cidadania e movimentos sociais

TÍTULO DO TRABALHO
Cidadania e movimentos sociais



OBJETIVO

Nesta síntese veremos que a democracia é a tentativa constante da busca de suas definitivas imperfeições por meio de umprocesso de aperfeiçoamento permanente, razão pela qual é formado o sistema de organização da sociedade que quer exercer sua cidadania. Porém, é importante analisar a concepção da cidadania como um processopolítico, social e histórico, que se constrói a partir de ambas as dimensões, individual e coletiva.


JUSTIFICATIVA

Mas ser cidadão é ter acesso à decisão política, ser um possível governante,um homem político. Ter direito não apenas a eleger representantes, mas a participar diretamente na condução dos negócios da cidade.
A cidadania passiva, imposta pelo Estado, se diferencia dacidadania ativa em que o cidadão, portador de direitos e deveres, é essencialmente criador de direitos para abrir novos espaços de participação política.


INTRODUÇÃO

Sabe-se que o problema dadesigualdade é um componente histórico-estrutural, que perfaz a própria dinâmica da resistência e da mudança, pois, o capitalismo representa uma sociedade de discriminação. O que se quer é formas maisdemocráticas, políticas sociais que reduzam a desigualdade e da desconcentração de renda e poder. O Estado pode ser um elo de oportunidades, desde que defina sua presença, e a quem Ele vai servir.DESENVOLVIMENTO

Numa sociedade marcada pela desigualdade social, da distribuição da renda e dos benefícios sociais, para todo cidadão consciente a participação é também um dever. A participação noprocesso político não se restringe ao do voto, à militância em um partido político, num grupo, em comícios ou na discussão de temas políticos com os amigos, colegas e vizinhos. A participação vai, alémdisso.
Por outro lado, os meios de comunicação moderna, com a informática e a rede mundial de comunicação (Internet) oferecem recursos que permitem a melhor inserção do cidadão do nosso tempo na...
tracking img