Cidadania no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (297 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A CIDADANIA NO BRASIL
Discorda-se da extensão, profundidade e rapidez do fenômeno, não de sua existência. A redução do poder do Estado afeta a natureza dos antigos direitos, sobretudo dosdireitos políticos e sociais. Se os direitos políticos significam participação no governo, uma diminuição no poder do governo reduz também a relevância do direito de participar. Tudo isso mostraa complexidade do problema. Não ofereço receita da cidadania. O gado desenvolveu-se no interior do país como atividade subsidiária da grande propriedade agrícóla. Os filhos dos escravosfaziam pequenos trabalhos e serviam de montaria nos brinquedos dos sinhozinhos. Eram os "homens bons" do período colonial.
O poder do governo terminava na porteira das grandes fazendas. O cidadãocomum ou recorria à proteção dos grandes proprietários, ou ficava à mercê do arbítrio dos mais fortes. De início, ela estava nas mãos dos jesuítas. Não era do interesse da administraçãocolonial, ou dos senhores de escravos, difundir essa arma cívica. Ao final do período colonial, havia pelo menos 23 universidades na parte espanhola da América, três delas no México. A maispolitizada foi a Inconfidência Mineira (1789), que se inspirou no ideário iluminista do século XVIII e no exemplo da independência das colônias da América do Norte. Alguns dos líderes, jnclusivepadres, foram fuzilados. Em 1817, houve, sobretudo, manifestação do espírito de resistência dos pernambucanos. Do lado americano, havia o exemplo admirado dos Estados Unidos e o exemplo recente,mais temido que admirado, dos países hispânicos. O constitucionalismo exigia a presença de um governo representativo baseado no voto dos cidadãos e na separação dos poderes políticos. Aprincipal atribuição desse poder era a livre nomeação dos ministros de Estado, independentemente da opinião do Legislativo. O critério de renda não excluía a
população pobre do direito do voto.
tracking img