Ciclos das plantas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2105 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Briófitas
Caracterização:
* São plantas de pequeno porte (no máximo 30 centímetros de altura);
* Avasculares (sem vasos transportadores de seiva), o transporte é realizado célula a célula, por isso o tamanho reduzido das plantas;
* Criptógamas (sem flores e sementes);
* Não ocorre frutos;
* Geralmente encontradas em ambientes úmidos, sombreados e também nas turfeiras;
*As briófitas não têm raízes. Fixam-se ao solo por meio de filamentos chamados rizóides, que absorvem a água e os sais minerais de que o vegetal necessita. Também não possuem verdadeiro caule. Tem uma haste denominada caulóide que não apresenta vasos para a condução da seiva. Suas "folhas" denominam-se filóides e são apenas partes achatadas do caulóide;
* Possuem amido como polissacarídeo dereserva. Sua parede celular é constituída de celulose;
* Ciclo reprodutivo dependente da água;
* Dióicos;
* Fase duradoura é o gametófito;
* Classes: Hepáticas, Antóceros e Musgos.
* São importantes no controle da erosão do solo e na preservação do assoreamento dos rios;
Reprodução:
* Ciclo Metagênico;
* Gametófito haploide (n) e Esporófito diploide (2n);
* Seusgametas masculinos são flagelados, e necessitam de água para alcançarem os gametas femininos. Realizam alternância de gerações em seu ciclo de vida: da geração produtora de esporos para a geração produtora de gametas, sucessivamente;
* O gametófito masculino produz gametas móveis, com flagelos, chamados de anterozóides. Já o feminino produz gametas imóveis, chamados de oosferas. Levados pelas gotasde chuva, os anterozóides alcançam a planta feminina e nadam em direção à oosfera. Da união de um anterozóide com uma oosfera, surge o zigoto, que, sobre a planta feminina cresce e forma um embrião, que se desenvolve originando a fase assexuada chamada de esporófito, isto é, fase produtora de esporos;
* O esporófito possui uma haste e uma cápsula, no interior da qual se formam os esporos.Quando maduros, os esporos são liberados e podem germinar no solo úmido. Cada esporo, então, pode formar uma espécie de "broto" chamado de protonema. Cada protonema, por sua vez, desenvolve-se e origina um novo musgo verde (gametófito).

Pteridófitas
Caracterização:
* Porte médio;
* Criptógamas (não possuem flores e sementes);
* Não ocorre frutos;
* Vasculares (possuem vasostransportadores de seiva);
* Cormófitas (possuem órgãos vegetativos raíz, caule e folha);
* Habitat: terrestres de ambientes com alta umidade e sombreados, com alguns representantes duIcícolas, porém, nenhum marinho;
* Em ambiente de floresta podem viver como plantas epífitas;
* Classes: Compreendem esta divisão 5 classes: Psilophytopsida, Lycopsida, Psilotopsida, Articulatae e Filices,sendo que Rhyniophyta, Zosterophyllophyta, Trimerophytophyta foram extintas no fim do Devoniano. O principal grupo é o das Filicíneas que compreende as samambaias e as avencas;
* Fase dominante compreende o esporófito (2n);
* A presença de vasos permitiu o aumento do porte e a presença de tecidos de sustentação;
Reprodução:
* Ciclo metagênico;
* Quimiotactismo: oosfera atraí oanterozóide através de substâncias químicas que se desloca pela água;
* Gametófito haploide (n) e Esporófito (2n) a qual é a fase duradoura;
* Em certas épocas, na superfície inferior das folhas da samambaia, formam-se pontos escuros chamados de soros, onde se produzem os esporos. Quando os esporos amadurecem, os soros abrem-se, deixando-os cair no solo úmido; cada esporo, então, podegerminar e originar um prótalo, uma plantinha bem pequena em forma de coração. O prótalo é uma planta sexuada, produtora de gametas; por isso, ele representa a fase chamada de gametófito;
* No prótalo, formam-se os anterozóides e as oosferas. O anterozóides, deslocando-se em água, nada em direção à oosfera, fecundando-a. Surge, então, o zigoto, que se desenvolve, transformando-se em uma nova...
tracking img