Ciclos biogeoquimicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2428 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
curso de engenharia sanitária e ambiental







ECOSSISTEMAS BRASILEIROS




Trabalho apresentado à disciplina Introdução à Engenharia Sanitária e Ambiental do Curso de Engenharia Sanitária e Ambiental.






Campo Grande (MS)
ABRIL de 2013









INTRODUÇÃO


Se somarmos a comunidade a área geográfica de dimensõesvariáveis, teremos um ecossistema. Em outras palavras, as populações e o lugar onde residem formam os ecossistemas, nos quais se distinguem dois componentes bem definidos: Biótico – representado pela comunidade; e Abiótico – representado pelo meio físico.
A maior parte dos ecossistemas se formou de processos evolutivos muito lentos entre os indivíduos das diversas populações e o meio ambiente.Portanto, o meio ambiente evolui juntamente com o convívio das espécies, assim como a comunidade se transforma devido à necessidade do ambiente e vice-versa.
A cada região há uma vegetação, clima, espécies diferentes, isso ocorre devido a característica da região, como por exemplo, a caatinga, que tem a característica de poucas chuvas, clima seco, e assim, surgem as espécies e vegetaçõesresistentes a esse ecossistema.
Todas as regiões são ricas em biodiversidade, mas nos últimos anos, essas regiões estão sendo devastadas pela presença humana. Como por exemplo, a exploração das matas, desmatamentos, madeireiras clandestinas, a agropecuária abusiva com uso de agrotóxicos, entre outros fatores.















ECOSSISTEMAS BRASILEIROS

A vegetação é o“espelho do clima”. Essa frase resume uma teoria que se baseia na circunstância de que o clima constitui o fator determinante da distribuição dos vegetais na superfície terrestre. No Brasil, essa teoria pode ser comprovada relacionando-se os tipos de clima com os de vegetação.

Floresta Amazônica – Clima Equatorial
Localizada ao norte do Brasil, abrangendo cerca de 47% de todo o territórionacional. Abrangem os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e ainda uma pequena área do Maranhão, Tocantins e Mato Grosso.
O calor e a umidade constantes favorecem o aparecimento da formação vegetal mais exuberante do planeta. Trata-se da floresta amazônica (também denominada Hileia, floresta pluvial ou floresta equatorial).
A Floresta Amazônica caracteriza-se pela grandediversidade: um hectare contém mais de trezentas espécies. Floresta densa, úmida e latifoliada, isto é composta por árvores de folhas largas, que propiciam uma intensa evapotranspiração. Subdivide-se em três partes:
- Mata de terra firme: ocorre nas áreas jamais inundadas pelas cheias dos rios da região. Abriga as maiores arvores muitas das quais consideradas madeiras nobres, como a imbuia, omogno e o cedro.
- Mata de várzea: inundada durante as cheias os rios, também abriga grandes espécies, embora menores que as de terra firme. É a área de ocorrência das seringueiras, entre as quais a Hevea brasiliensis, da qual é extraído o látex.
- Mata de igapó: permanentemente inundada, desenvolve-se ao longo das margens dos rios amazônicos. É nela, por exemplo, que proliferam a vitória-régia eo açaí.
A Fauna existente na floresta Amazônica é rica em diversidade, entre os animais, a maior parte é de insetos, mas a floresta abriga também grande variedade de macacos e aves. Em seu trecho alagado, são comuns os mamíferos aquáticos como o peixe-boi, a lontra e os botos, e répteis como os jacarés, tartarugas, a conhecida jiboia e outras principais espécies, como: Arara-vermelha, quati,Tartaruga da Amazônia, Onça Pintada, Anaconda, Tatu-galinha, Jacaré-açu, Macaco Uacari, Irará, Uirapuru, entre muitos outros.
Por todas essas características, a Floresta Amazônica é considerada a maior reserva de diversidade biológica do mundo, com indicações de que abrigue pelo menos metade de todas as espécies vivas do planeta.
Mas infelizmente, cerca de 20% da floresta já foi devastada....
tracking img