Ciclo de vida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2343 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Profissional de Capelas
Psicologia
2010/2011

Elaborado por:
Sérgio Medeiros
Ana Rute Oliveira
Cátia Costa

Prof.: Carla Cabral
Índice
Introdução………………………………………………………………………………………….….Pág.3
Infância
Segundo Piaget………………………………………………………………………………………Pág. 4
Segundo Erikson……………………………………………………………………………………. Pág.5
Adolescência
CrescimentoFísico…………………………………………………..…………………….……….Pág.6
Adolescência na Psicologia do desenvolvimento………..……..……………………Pág.6
A sexualidade do adolescente……………………………..…………………………………Pág.6
Segundo Erikson……………………………………………………………………………………..Pág.7
Adulto
Adulto-jovem………………………………………………………………………………………….Pág.8
Idade Adulta intermediária…………………………………………………………………….Pág.8
Segundo Erikson…………………………………………………………………………………..…Pág.9
Velhice
Manifestações Físicas…………………………………………………………….…………….Pág.10
SegundoErikson………………………………………………………………………………….Pág.10
Organização Mundial da Saúde classifica o envelhecimento em 4 estágios…………………………………………………………………………………………….….Pág.10
Conclusão……………………………………………………………….………………………………….……Pág.11
Bibliografia.…………………………………………..…………………………………………………………Pág.12

Introdução

Infância
Segundo Piaget, os quatro estádios de desenvolvimento que são:

Estádio sensório motor (dos 0aos 18/24 meses)
Para Piaget nesse período há existência de inteligência antes da linguagem. Essencialmente prática, isto é, tendente a resultados favoráveis e não ao enunciado de verdades, essa inteligência nem por isso deixa de resolver, finalmente, um conjunto de problemas de ação (alcançar objectos afastados, escondidos, etc.), construindo um sistema complexo de esquemas de assimilação, e deorganizar o real de acordo com o conjunto de estruturas espácio-temporais e causais.

Estádio pré- operatório (dos 2 aos 7 anos )
O segundo estágio de desenvolvimento considerado por Piaget é o estágio pré-operacional, que coincide com a fase pré-escolar e vai dos dois anos de idade até os sete anos em média.
Nesse período, as características observáveis mais importantes são:
* inteligênciasimbólica;
* o pensamento egocênctrico, intuitivo e mágico;
* a centralização (apenas um aspecto de determinada situação é considerado);
* a confusão entre aparência e realidade;
* ausência da noção de reversibilidade;
* o raciocínio transdutivo (aplicação de uma mesma explicação a situações parecidas);
* a característica do animismo (vida a seres inanimados).

Estádiodas operações concretas ( dos 7 aos 11/12 anos)
No estágio operatório concreto, que dura dos 7 aos 11/12 anos de idade em média, a criança começa a lidar com conceitos como os números e relações. Esse estágio é caracterizado por uma lógica interna consistente e pela habilidade de solucionar problemas concretos.
Por volta dos 7 anos, o equilíbrio entre a assimilação e a acomodação torna-se maisestável;
Surge a capacidade de fazer análises lógicas;
A criança ultrapassa o egocentrismo, ou seja, dá-se um aumento da empatia com os sentimentos e as atitudes dos outros;
Mesmo antes deste estágio a criança já é capaz de ordenar uma série de objetos por tamanhos e de comparar dois objetos indicando qual é o maior, mas ainda não é capaz de compreender a propriedade transitiva (A é maior que B,B é maior que C, logo A é maior que C). No início deste estágio a criança já é capaz de compreender a propriedade transitiva, desde que aplicada a objetos concretos que ela tenha visto;
Começa a perceber a conservação do volume, da massa, do comprimento, etc.

Estádio das operações formais ( dos 11/12 aos 15/16 anos)
No estágio operatório formal – desenvolvido a partir dos 11/12 anos de idadeem média até aos 15/16 – o adolescente começa a raciocinar lógica e sistematicamente. Esse estágio é definido pela habilidade de engajar-se no raciocínio proposicional. As deduções lógicas podem ser feitas sem o apoio de objectos concretos.
O pensamento hipotético-dedutivo é o mais importante aspecto apresentado nessa fase de...
tracking img