Ciência Antiga versus Ciência Moderna.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2170 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de julho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
COLÉGIO NOVO RUMO
PUERI DOMUS ESCOLAS ASSOCIADAS
3ºANO DO ENSINO MÉDIO







Filosofia
Ciência Antiga versus Ciência Moderna.






Monografia apresentada à disciplina de Filosofia
Turma 3ºEM
Orientado pelo professor Everton


GUARULHOS junho 2013

Ciência Antiga versus Ciência Moderna.




Heloisa Paulenas, 13

















SUMÁRIO

Sumário3
Introdução 4
Desenvolvimento 5
Conclusão 8
Bibliografia9


















Introdução

Esse trabalho tem como objetivo descrever sobre a ciência moderna e a ciência antiga, assim como suas respectivas histórias, características, principais diferenças e semelhanças.
Ciência Antiga o que se chama de filosofia é um conhecimento abstrato sobre as coisas, que se percebiasomente com observação a olho nu, como os filósofos antigos que somente com a observação e a razão tentaram descobrir qual era o elemento fundamental das coisas.



















Desenvolvimento
Em tempos pré-históricos, conselhos e conhecimento eram passados de geração em geração em uma tradição oral. O desenvolvimento da escrita permitiu que o conhecimento fosse armazenadoe comunicado através das gerações com muito mais fidelidade. Combinado com o desenvolvimento da agricultura, que permitiu um aumento na reserva de comida, isso tornou possível que as civilizações antigas se desenvolvessem, porque foi possível dedicar mais tempo a outras tarefas que não fossem a sobrevivência.
Muitas civilizações antigas coletavam informações astronômicas de maneira sistemáticaatravés da simples observação. Apesar deles não terem um conhecimento de verdadeira estrutura física dos planetas e estrelas, muitas explicações teóricas foram propostas. Fatos básicos sobre fisiologia humana já eram de conhecimento em alguns lugares, e a alquimia era praticada por várias civilizações. Observações consideráveis sobre flora e fauna macrobióticas também foram realizadas.
Desde o seuinício na Suméria (no atual Iraque) por volta de 3500 a.C., as pessoas da Mesopotâmia começaram a tentar gravar algumas observações do mundo com dados numéricos bem pensados. Mas suas observações e medições eram feitas por propósito em vez de ser pelas leis da ciência. Uma instância concreta do Teorema de Pitágoras foi gravada no século XVIII a.C.: a tábua de argila dos mesopotâmios Plimpton322 estava gravada com vários números de trios pitagóricos (3,4,5) (5,12,13) …, datado de 1900 a.C., possivelmente milênios antes de Pitágoras, mas não existia uma formulação abstrata do teorema de Pitágoras.
Avanços significativos do Egito Antigo incluem astronomia, matemática e medicina. A geometria foi necessária para a engenharia geográfica para preservar o layout e manter o dono das terras defazendas, que eram inundadas anualmente pelo rio Nilo. O triângulo reto 3,4,5 e outras regras serviam para representar estruturas retilineares, e para a arquitetura do Egito. Egito foi também o centro da pesquisa de alquimia por grande parte da Mediterrâneo
O pensamento científico surgiu na Grécia Antiga aproximadamente no século VI a.C. com os pensadores pré-socráticos que foram chamadosde Filósofos da Natureza e também Pré-cientistas. Foi um período onde a sociedade ocidental, saiu de uma forma de pensamento baseada em mitos e dogmas, para entrar no pensamento científico baseado no Ceticismo. Muitos livros apresentam este ou aquele pensador pré-socrático como pai do pensamento científico, mas isso não é verdade, pois todos esses pensadores contribuíram de uma forma ou de outra para a...
tracking img