Chrome os

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1008 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
Chrome OS

Felipe Souza
Higor Felix

Sumário

Introdução 2
1.1. Histórico
1.2. Principais conceitos de arquitetura
1.3. Curiosidades
Gerenciamento de Processos 3
Gerenciamento de Memória
Gerenciamento de Arquivos 4
Gerenciamento de Entrada e Saída (E/S)
Conclusão 5
Fontes
*

1. IntroduçãoGoogle Chrome OS é um sistema operacional de código aberto baseado em Linux projetado pela Google para trabalhar exclusivamente com aplicativos web. A interface de usuário faz uma abordagem minimalista, assemelhando-se ao navegador Chrome.

2.1. Histórico

Os desenvolvedores da Google começaram a codificação do sistema operacional em 2009, inspirado pela crescente popularidade e consumo deenergia mais baixo de netbooks e o foco desses pequenos laptops no acesso à Internet.
Em 19 de novembro de 2009, a Google lança o código fonte do Chrome OS, denominando-o Projeto Chromium OS.
O Chrome OS teve um lançamento público de uma versão estável durante o segundo semestre de 2010, no dia 7 de Dezembro de 2010. Os primeiros hardwares com o Chrome OS instalado (chamados "Chromebooks")foram lançados em Junho de 2011.

2.2. Principais conceitos de arquitetura

O Chrome não estará disponível como um download. Ele será pré-instalado por fabricantes de  netbooks que aderirem às especificações de hardware do Google. O Chrome roda em computadores baseados em x86, bem como com processadores ARM.
O Chrome OS consiste em três componentes principais:
• O próprio navegador doChrome de base e do gerenciador de janelas;
• Sistema de nível de software e serviços de terra de usuário: o kernel, drivers, gerenciador de conexões;
• Firmware, onde cada componente é iniciado através do Firmware.
O Google solicitou que apenas SSDs sejam utilizados para armazenar os dados do sistema operacional – devido ao seu desempenho superior em relação aos HDDs. Como o SO utiliza 60 vezesmenos espaço do que o Windows 7 e os dados são armazenados na nuvem, a capacidade do drive poderá ser menor que o usual.
2.3. Curiosidades

Todo o projeto Chrome gira em torno do modelo de computação em nuvem. Significa que todos os dados e aplicações serão armazenados online, para que seja possível acessá-los de qualquer computador em qualquer lugar do mundo.
Toda a experiência ocorredentro do browser e não existem aplicações de desktop convencional. Isso significa que os usuários não tem que lidar com a instalação, gerenciamento e atualização de programas.
Visualmente o Chrome - OS nada mais é que uma janela do Chrome navegador adaptada. As primeiras abas são menores, e são basicamente os apps “favoritos”, sendo a primeira uma espécie de menu Iniciar, onde ficam atalhos, naforma de grandes ícones, para serviços do próprio Google e outros mais importantes/usados, nas abas maiores estão os programas que estão abertos ou as rotinas do usuário.
2. Gerenciamento de Processos
Durante a inicialização, o firmware do sistema operacional não tem de procurar por drives de discos, disquetes ou outro hardware que alguns poucos computadores ainda teimam em usar - uma tarefaque outros sistemas operacionais ainda realizam. Um bom resultado dessas diferenças é a velocidade. Uma máquina com Windows razoavelmente rápida inicializa em cerca de 45 segundos. Em contraste, o Google quer que os netbooks Chrome estejam prontos para funcionar em 7 segundos ou menos.
O Firmware é o componente chave para tornar o processo de boot do sistema rápido e seguro. Uma vez que tambémforam removidos alguns componentes desnecessários – como suporte a disquete, por exemplo, entre outros que neste caso não seriam fundamentais para o funcionamento do sistema.
O Kernel (Linux) utilizado é padrão, com exceção de algumas mudanças para melhorar o tempo de inicialização. Os serviços são controlados pelo gerenciador Upstart – que permite iniciar serviços em paralelo, reiniciar tarefas...
tracking img