China

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1133 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
China: “Um país de muitas faces”

Após a Revolução Chinesa (1949), Mao Tse-tung instaurou um regime totalitário controlado pelo Partido comunista Chinês, adotou o modelo soviético de economia planificada cujos principais pontos foram instalação de fazendas coletivas e o controle do Estado sobre os meios de produção. A partir da década de 1950 o governo resolveu investir na indústriapesada, indústrias de base e bélica foram prioridades no projeto denominado “Grande Salto para a Frente” o plano fracassou, trazendo os mesmos problemas enfrentados mais tarde pela URSS: baixa produtividade e pouca competitividade no mercado externo.

Os chineses romperam definitivamente com os soviéticos em 1965. Isolada, a China cedeu às tentativas de aproximação dos EUA. Em 1972 a Chinaingressou no Conselho de Segurança da ONU. Em 1976 morre Mao Tse-tung. Seu substituto, Deng Xiao Ping, realizou uma nova “revolução chinesa”, onde envolvia “Quatro Modernizações”: indústria, agricultura, defesa e tecnologia.

Para contornar os problemas do país, o dirigente Xiao Ping resolveu adotar o modo de produção capitalista, permitiu a entrada do capital estrangeiro no país. No entanto,não abriu mão do regime totalitário severamente controlado pelo Partido Comunista Chinês. Uma prova disso foi o Massacre da Praça da Paz Celestial onde foram massacradas mais de 2 mil pessoas.

As reformas de Deng Xiao Ping:

• Foram extintas as comunas populares, fazendas coletivas de Mao Tse-tung.

• Os agricultores receberam permissão para vender a produção apósentregar a parte que cabia ao Estado, criando um pequeno mercado consumidor.

• O povo recebeu subsídios para comprar produtos agrícolas e ativar o mercado desses produtos.

• Criou-se o trabalho assalariado no campo, dando condições ao camponês de tornar-se consumidor.

Foram criadas as Zonas Econômicas Especiais (ZEEs), onde capital, experiência e tecnologiaestrangeiras eram muito bem-vindas. A principal atração para os investidores era a barata e disciplinada mão-de-obra chinesa. Em 1997, a China recebeu de volta Hong Kong, nesse mesmo ano Deng Xiao Ping morreu. Seu substituto, Jiang Zemin. Em 1998, a China sofreu com a crise que afetou todo o mercado do Pacifico. Recuperou-se em 1999, alcançando um crescimento de 7%. Desde então a China se mantém emcrescimento.

Terceiro país do mundo em extensão e campeão absoluto em população, a China é um país de muitas faces. As mudanças econômicas também trouxeram alguns problemas. As ZEEs ocupam uma pequena parte do litoral, ao passo que a maior parte da população vive no campo. Esse fato fez com que a riqueza se localizasse em alguns pontos. O desemprego passou a ser um problema crescente nessa novafase.

Os direitos humanos não são respeitados na China. Prisões de dissidentes, perseguições a religiosos, execuções sem julgamento adequado de presos políticos e criminosos comuns são freqüentes.

Potencia nuclear, a China tem como principal ponto de tensão as relações com Taiwan, que os chineses pretendem reintegrar como província ao seu território.

Podemos considerarduas regiões naturais da China:

• China Ocidental, onde estão localizadas as províncias de Sin-kiang, a Mongólia Interior e o Tibete. É a parte menos populosa e menos industrializada do país, além de ser rica em recursos minerais e energéticos, a China ocidental possui áreas irrigadas para a agricultura.

• China Oriental, que compreende a Manchúria e a planície Oriental. Aplanície Oriental é formada por terras férteis, sedimentos amarelos e é atravessada pelos principais rios chineses. Rica em recursos minerais é a parte mais desenvolvida do país. Abrigando cerca de 90% da população.



✓ A China atual

A China atual possui um sistema que funde o capitalismo e o socialismo. Um sistema único que não apresenta paralelo no mundo. China explica que o...
tracking img