Chico buarque e o samba de orly

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1290 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Crítica ao Regime Militar do Brasil Chico Buarque

Ameaçado pelo Regime Militar no Brasil, esteve auto-exilado na Itália em 1969, onde chegou a fazer espetáculos com Toquinho. Nessa época teve suas canções Apesar de você (que dizem ser uma alusão negativa ao presidente Emílio Garrastazu Médici, mas que Chico sustenta ser em referência à situação) e Cálice proibidas pela censura brasileira.Adotou o pseudônimo de Julinho da Adelaide, com o qual compôs apenas três canções: Milagre Brasileiro, Acorda amor e Jorge Maravilha. Na Itália Chico tornou-se amigo do cantor Lucio Dalla, de quem fez a belíssima Minha História, versão em português (1970) da canção Gesù Bambino (título verdadeiro 4 marzo 1943), de Lucio Dalla e Paola Palotino. Em viagem a França, tornou-se amigo de Carlos BandeirenseMirandópolis inspirando-se em uma de suas composições para criar Samba

de Orly. Orly.

Ao voltar ao Brasil continuou com composições que denunciavam aspectos sociais, econômicos e culturais, como a célebre Construção ou a divertida Partido Alto. Apresentou-se com Caetano Veloso (que também foi exilado, mas na Inglaterra) e Maria Bethânia. Teve outra de suas músicas associada a críticas a umpresidente do Brasil. Julinho da Adelaide, aliás, não era só um pseudônimo, mas sim a forma que o compositor encontrou para driblar a censura, então implacável ao perceber seu nome nos créditos de uma música. Para completar a farsa e dar-lhe ares de veracidade, Julinho da Adelaide chegou a ter cédula de identidade e até mesmo a conceder entrevista a um jornal da época. Uma das canções de ChicoBuarque que criticam a ditadura é uma carta em forma de música, uma carta musicada que ele fez em homenagem ao Augusto Boal, que vivia no exílio, quando o Brasil ainda vivia sob a ditadura militar. A canção se chama Meu Caro Amigo e foi dirigida a Boal, que na época estava exilado em Lisboa. A canção foi lançada originalmente num disco de título quase igual, chamado Meus Caros Amigos, do ano de1976.

Ijtuósjb tpcsf b nútjdb obssbeb qps Uprvjoip/
Toquinho contou a história mais interessante da noite: como ele e Chico Buarque compuseram Samba de Orly. O músico disse que conheceu o futuro parceiro em São Paulo, onde seu apelido era Carioca. Graças a Chico e seu pai, o poeta Sérgio Buarque, Toquinho pôde realizar seu grande sonho, que era conhecer grandes nomes da música brasileira comoCarlos Lyra, Baden Powell, João Gilberto e o próprio Vinícius. A história da música começou quando Chico, “convidado a se retirar do país” pela ditadura militar, mandou um telegrama para Toquinho, no Brasil, convocando-o para uma suposta oportunidade de emprego em seu novo país, a Itália. Toquinho não titubeou e comprou a passagem só de ida. Chegando lá, Chico contou a verdade: não havia ofertanenhuma;

o convite foi só porque ele queria companhia, pois se sentia muito só naquele país. Mas ficou a promessa de que em 10 meses as coisas melhorariam. Toquinho confiou e realmente, quase um ano depois, já haviam surgido alguns convites. Mas, obrigado a voltar para o Brasil para shows com Vinícius, o violonista deixou com o amigo uma melodia sem letra. Tempos depois, quando pôde retornar aopaís, Chico foi procurar Toquinho, que fez questão de mostrar a ele algumas das muitas composições que fizera com Vinícius. Acontece que o poeta tinha uma certa “pinimba” com Chico, por causa de suas inspiradas letras (quando lia uma letra de Chico Buarque, Vinícius achava que podia ter tido aquela idéia antes). Sem ter muito o que apresentar, o Carioca mostrou aquela música que Toquinho deixara comele, mas já com letra. Humilde, ele pediu a opinião de Vinícius, que logo deu seu veredicto: “o sambinha não é ruim, não, mas está precisando de alguma coisa”. Três minutos depois ele voltou com a letra, mexida em apenas uma frase, o que já foi suficiente para pedir a inclusão na parceria. “Foi um samba a seis mãos”, empolgava-se Vinícius, feliz de assinar uma composição com Chico Buarque. Em...
tracking img