Chaves de partida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1263 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CHAVES DE PARTIDA PARA MOTORES
TRIFÁSICOS DE INDUÇÃO

PARTIDA DIRETA
O motor recebe tensão plena;
Valores de conjugado (torque) e corrente de partida são
plenos.
Conseqüências:
Queda de tensão acentuada;
O sistema deverá ser superdimensionado (elevação de custos);

PARTIDA DIRETA
Restrições:
Motores com potência máxima de 5 CV;
A corrente do motor deve ser bem inferior à da rede;As instalações elétricas devem ter capacidade para conduzir a
corrente de partida (tempo curto) e a corrente nominal (regime
permanente);

PARTIDA DIRETA

Fig. 1 - Diagrama de Força

PARTIDA DIRETA

Fig. 2 - Comando local ou a distância por botoeiras

PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO
Partida com redução de tensão e conseqüente, redução de corrente;
Na partida executa-se a ligaçãoestrela no motor (apto a receber tensão
de estrela – UY), porém ele é alimentado com tensão de triângulo
(U∆), ou seja, com a tensão da rede (fig. 4 (a)). Assim, as bobinas do
motor recebem 58% da tensão que deveriam receber.
No instante em que o motor atinge aproximadamente 90% da sua
velocidade nominal é feito a comutação, passando o motor a ser ligado
em triângulo, assim as bobinas passam areceber a tensão nominal (fig.
4 (b)).

PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO

(a)

(b)

Fig. 4 – (a) Ligação em estrela com tensão de triângulo;
(b) Ligação em triângulo com tensão de triângulo.

PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO
Este tipo de chave proporciona redução da corrente de
partida para aproximadamente 33% de seu valor, em
comparação com a Partida Direta;
Condições:
Os motores devem sertrifásicos, com duas tensões de ligação
(estrela e triângulo) e ter no mínimo 6 terminais;

PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO
Condições:
A tensão de alimentação deve corresponder à tensão de ligação
em triângulo do motor;
Os motores devem partir sem carga (a vazio), porque na ligação
em estrela ocorre também uma redução no torque de partida,
proporcional a redução da corrente de partida.

PARTIDAESTRELA-TRIÂNGULO

Não
recomendada.

Fig. 5 – Comportamento da corrente na Partida Estrela-Triângulo.

PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO

Recomendada.

Fig. 6 – Comportamento da corrente na Partida Estrela-Triângulo.

PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO
Aplicações: serras de fita circular, ventiladores, furadeiras e
esmeris.

L1 L2 L3

F1,2,3
F1,2,3

DIAGRAMA DE
TRIFILAR
TRIFILAR

K1K2

K3

FT1

M
~3

Chaves

1-14

L

FT1
FT1

DIAGRAMA DE COMANDO

L1, L2, L3
S0

F1,2,3
K1

K3

K1

S1

K1

K2

KT1



K2

K3
K3

KT1
Y

FT1

K2

M
~3
KT1

DIAGRAMA UNIFILAR

K3

H1

K1

K2

H2

N

Chaves

2-14

L

FT1
FT1

DIAGRAMA DE COMANDO

L1, L2, L3
S0

F1,2,3
K1

K3

K1

S1

K1

K2

KT1

∆K2

K3
K3

KT1
Y

FT1

K2

M
~3
KT1

DIAGRAMA UNIFILAR

K3

H1

K1

K2

H2

N

Chaves

3-14

L

FT1
FT1

DIAGRAMA DE COMANDO

L1, L2, L3
S0

F1,2,3
K1

K3

K1

S1

K1

K2

KT1



K2

K3
K3

KT1
Y

FT1

K2

M
~3
KT1

DIAGRAMA UNIFILAR

K3

H1

K1

K2

H2

N

Chaves

4-14

L

FT1
FT1

DIAGRAMADE COMANDO

L1, L2, L3
S0

F1,2,3
K1

K3

K1

S1

K1

K2

KT1



K2

K3
K3

KT1
Y

FT1

K2

M
~3
KT1

DIAGRAMA UNIFILAR

K3

H1

K1

K2

H2

N

Chaves

5-14

L

FT1
FT1

DIAGRAMA DE COMANDO

L1, L2, L3
S0

F1,2,3
K1

K3

K1

S1

K1

K2

KT1



K2

K3
K3

KT1
Y

FT1

K2

M
~3
KT1

DIAGRAMA UNIFILARK3

H1

K1

K2

H2

N

Chaves

6-14

L

FT1
FT1

DIAGRAMA DE COMANDO

L1, L2, L3
S0

F1,2,3
K1

K3

K1

S1

K1

K2

KT1



K2

K3
K3

KT1
Y

FT1

K2

M
~3
KT1

DIAGRAMA UNIFILAR

K3

H1

K1

K2

H2

N

Chaves

7-14

L

FT1
FT1

DIAGRAMA DE COMANDO

L1, L2, L3
S0

F1,2,3
K1

K3

K1

S1

K1...
tracking img