Cerveja artesanal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11059 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução a fabricação artesanal de cerveja – Parte 1
[pic]É com muito apreço a este grande site que inicio esta coluna, que tratará de forma simples os principais pontos relacionados à fabricação artesanal da cerveja. Como cervejeiro artesanal, sei o quanto é difícil ter acesso a informações sobre o assunto, principalmente no início. Essa coluna terá, portanto, a intenção de esclarecer osassuntos necessários para o iniciante e também a de trazer questões à tona, até que não haja dúvidas sem esclarecimento. Apesar de a intenção ser abranger os assuntos importantes sem deixar dúvidas, o enfoque será o da simplicidade, o da praticidade, dando o material necessário para as primeiras aventuras “cervejísticas” dos corajosos que se dispuserem a, muitas vezes, deixar de lado os programasdomingueiros para passar 8 horas (ou mais) em frente à uma panela, tentando imaginar se as reações invisíveis estão acontecendo e se o resultado será de acordo com o esperado. Mas para os que são, como eu, apaixonados pela arte de fazer cerveja, essas 8 horas passam rápido até demais, e durante a fabricação de uma leva já se inicia o esboço do que será a próxima. Para esses, ainda, o materialdisponibilizado aqui provavelmente será complementado com o material disponível na literatura (infelizmente não há quase nada em português), para aí sim haver um aprofundamento. O assunto é vasto, e muitas vezes é exato, mas outras vezes é cheio de controvérsias, portanto esta coluna aceitará de bom grado perguntas, críticas e comentários. Não será nosso objetivo entrincheirar-se pelo mundo da química ouda microbiologia, mas eventualmente surgirão questões que só serão respondidas com o apoio dessas ciências, que trazem a base dos mistérios que ocorrem no processo de fabricação da preciosa bebida.
Deixem-me apresentar: Meu nome é Tiago Silva, sou Tecnólogo em Mecânica e trabalho hoje como Analista de Processos Industriais, o que inicialmente não tem nada a ver com cerveja, mas o enfoque emprocessos de fabricação acaba ajudando, de certa forma. Comecei a fazer cerveja por mera curiosidade, me apaixonei e agora dedico boa parte do meu tempo livre a esse assunto. Sou, portanto, cervejeiro de coração, mas não de formação nem de profissão. Tenho aprofundado meu conhecimento na literatura disponível, e principalmente através do contato com vários cervejeiros velhos de estrada, alguns dosquais com formação na área e outros com uma grande vivência neste campo. Recentemente participei da criação da cerveja Diabólica 666 (India Pale Ale), uma cerveja inicialmente fabricada por mim juntamente com meu amigo Eduardo Zotto em um caldeirão à lenha e que ganhou caráter comercial após o Psychocarnival 2009, época em que se iniciou uma sociedade com mais três amigos. Participo até hoje doprocesso de fabricação da Diabólica IPA, porém agora em uma cervejaria industrial. Atualmente tenho feito experiências no desenvolvimento de receitas de variados estilos e no cultivo e propagação de fermentos.
Freqüentemente sou questionado sobre o que é preciso para começar a fazer cerveja em casa. As pessoas que ainda não tiveram contato com a fabricação fazem perguntas do tipo: “O que é malte?”,“Você só cozinha tudo e deixa esfriar?”, “Em que momento você coloca o álcool na cerveja?”, “Como é que você insere o gás?”. Outras pessoas, já com conhecimento prévio, trocam idéias e já tem perguntas ou sugestões mais complexas. O fato é que ninguém realmente domina todas as nuances da fabricação da cerveja, principalmente depois que ela entra no fermentador. Por mais que a cerveja esteja projetadapara ter determinados aromas, flavors e até cor específica, tudo pode mudar de acordo com as reações que se desencadeiem por um mínimo detalhe. A formação dos ésteres na fermentação, por exemplo, ainda é tema de discussão mesmo dentro dos círculos mais elevados da ciência cervejeira. Claro que, com maior conhecimento a aproximação do resultado com aquilo que foi projetado é bem melhor, mas...
tracking img