Centro de gravidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2039 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
* SUMÁRIO

1 RESUMO 3
2 INTRODUÇÃO 4
3 INÍCIO DO KATRINA 5
4 DANOS 6
5 IMAGENS DA DEVASTAÇÃO 7
6 FALHAS HUMANAS 8
7 ECONÔMIA 9
8 AJUDA INTERNACIONAL 11
9 CONCLUSÃO 12
10 BIBLIOGRAFIA 13


RESUMO

O furacão Katrina foi o furacão mais devastador ja visto na história dos Estados Unidos, não só em devastação territorial como também em devastação econômica.
O Katrina foi o furacãomais caro que os Estados Unidos ja enfrentaram e com essa destruição e devastação do seu território eles ficaram muito abalados.
Não foi apenas o furacão o culpado por toda a destruiçaõ da cidade, agora resta saber quem são esses culpados.

INTRODUÇÃO

Katrina foi o furacão que contribuiu drásticamente com a destruição de mais de 80% da cidade de New Orleans, onde o mesmo gerou custosexpressivos para o governo dos EUA chegando a ter gastos de mais 100 bilhões de dólares. O furacão Katrina foi formado em 23 de agosto de 2005 nas ilhas Bahamas e os pesquisadores de furacão dos EUA traçara a rota do mesmo onde iria se dissipar no aceano, porem durante o seu percurso foi alterado o seu trajeto e direcioando rumo a cidade de New Orleans.
A cidade foi informada que o Furacão iriaantingi-la e algumas pessoas deixaram suas residencias em busca de abrigo longe de New Orlenas, porem a falta de recursos, tranporte, planejamento e condições para evacuá-la muitas pessoas permaneceram na cidade umas por falta de aviso e outras por não ter condições financeiras.
A verdadeira causa de devastação da cidade de New Orleans foram o romprimento dos diques de sustenção que protegiam a cidadedo Rio Mississippi e do Lago Pontchartrain em 29 de agosto de 2005

INÍCIO DO KATRINA

Tudo começou no dia 23 de agosto de 2005 no sudeste das Bahamas, havia uma depressão no local e foi dessa depressão que tudo começou e ninguém imaginava as proporções que essa situação tomaria.
No dia 23 de agosto Katrina era apenas uma depressão tropical que foi evoluindo para uma tempestade tropical eganhou mais força antes de chegar à Florida no dia 25 de agosto se aproximou de Aventura, Florida e enfraqueceu-se dia 26 depois de se encontrar com a terra, transformando-se em categoria 2 com ventos de 160 km /h e indo em direção ao Mississipi e Louisiana. Dia 27 evoluiu para categoria3 com intensidade de um furacão e no dia 28 foi para categoria 4, no inicio da tarde Katrina se intensificourapidamente com ventos de 281 KM/H e assim se tornando um furacão de nível 5 e sendo o mais intenso da bacia do Atlântico. Katrina formou-se a partir de uma depressão tropical no sudeste das Bahamas seguindo para a Florida passando pela Louisiana e avançando para o interior e assim chegando até Nova Orleans onde causou a maior gama de estragos.

DANOS

Katrina causou danos em todos os territóriosem que ela passou, o mais afetado foi em Nova Orleans que causou 53 pontos de acometimento e mais de 89% da cidade ficou submersa, desses 80% de submersão da cidade 2 terços foram causados por falha humana ou seja diversas falhas nas barreiras que deveriam proteger a cidade acabaram sendo vencidas pelo furacão e também algumas comportas não foram fechadas. Cerca de 200 mil casas ficaram debaixod’água. Com os diques que protegiam a cidade e seu solo sedimentar que impermeabilizam o solo da cidade a tornaram um lago artificial, e foram quase 3 meses para bombear toda a água da cidade, o prefeito Ray Nagin autorizou a volta das pessoas para a cidade no dia 5 de outubro com restrições em algumas áreas da cidade. E após todos esses desastres ainda todos tinham que se preocupar comsaqueadores e outros criminosos que decidiram aparecer só naquele momento, então o prefeito decretou lei marcial na cidade e disse “os policiais não precisavam se preocupar com os direitos civis para deter os saqueadores”.
Após a passagem do Furacão Katrina por Nova Orleans e deixado não só filas e mais filas de estragos materiais também deixou rastros de morte por toda a parte. Os danos materiais...
tracking img