Centrifuga

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 119 (29664 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRÍFUGAS VENTILADAS JOUAN


MODELOS A13 / A14 / BB3V / B3.11/ B4i / C3i / C3.12 / C4i / C4.12 / C4.22







MANUAL DO USUÁRIO

















LEIA ATENTAMENTE ESTE MANUAL ANTES DE OPERAR O SEU EQUIPAMENTO.

AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO DE PROPRIEDADE DA JOUAN; NÃO PODENDO SER DUPLICADAS, DISTRIBUÍDAS SEM A AUTORIZAÇÃO DO PROPRIETÁRIO.

AVALIDADE DA GARANTIA ESTÁ SUJEITA A OBSERVAÇÃO DAS INSTRUÇÕES E PRECAUÇÕES DESCRITAS NESTE DOCUMENTO




MANUAL DE OPERAÇÃO




Fornecedor exclusivo para o Brasil:

Datamed Instrumentos Científicos e Médicos Ltda
Rua Ramos de Azevedo, 786 – Monsenhor Messias
Belo Horizonte – Minas Gerais CEP: 30720-470
Telefone: (31) 3464-3622 Fax: (31) 3464-8073
E-mail:datamed@datamedmg.com.br
CNPJ: 38.658.399/0001-75

Responsável Técnico: Carmen Dolores Faria – CRF/MG 12412


Fabricante: Jouan S/A
Rue Duguay Trouin 10
44807 Cedex Saint Herblain
França

Pais de origem: França





“Declarado Isento de Registro pela ANVISA/MS”







Responsável Técnico




Responsável Legal


ÍNDICE



TÍTULO 1 - MODELOA13

TÍTULO 2 - MODELO A14

TÍTULO 3 - MODELO BB3V

TÍTULO 4 - MODELO B3.11

TÍTULO 5 - MODELO B4i

TÍTULO 6 - MODELO C3i

TÍTULO 7 - MODELO C3.12

TÍTULO 8 - MODELO C4i

TÍTULO 9 - MODELO C4.12

TÍTULO 10 - MODELO C4.22





























TÍTULO 1 - MODELO A13


ÍNDICE

CAPÍTULO 1 - USOS E FUNÇÕES1. Descrição física e uso
2. Força Relativa Centrifuga
3. Requisitos essenciais de segurança e eficácia

CAPÍTULO 2 - MANIPULAÇÃO, ARMAZENAGEM E CONSERVAÇÃO DO
PRODUTO


1. Manipulação do produto e conexão a outros equipamentos
2. Armazenagem econservação


CAPÍTULO 3 - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS


CAPÍTULO 4 - INSTRUÇÕE S DE USO


1. Instalação da centrífuga
2. Instalação do rotor
3. Balanceamento
4. Instalação elétrica
5. Instruções de uso e operação
6. Sistemade refrigeração

CAPÍTULO 5 - RISCOS, PRECAUÇÕES E LIMITAÇÕES DE USO

1. Advertências e precauções
2. Recomendação do padrão IEC 1010-2-020
3. Limitações operacionais e uso inadequado
4. Riscos biológicos




CAPÍTULO 6 - MANUTENÇÃO PREVENTIVA E PERIÓDICA6.1. Manutenção preventiva
2. Manutenção periódica

CAPÍTULO 7 - ACESSÓRIOS
1. Acessórios e opcionais
2. Acessórios de uso exclusivo








1) Uso e função

1) Descrição física e uso


[pic]
Fig. 1: centrífuga A13

As centrífugas ventiladas são destinadasprincipalmente para análises de laboratórios de patologia. Permite a separação de substâncias de densidade variada pela aplicação da força centrifuga relativa (FCR).

Estas centrífugas são equipadas com um sistema de ventilação projetado para manter as amostras dentro de uma variação ((T) aceitável de temperatura não muito acima da temperatura ambiente.


1.2) Força Centrifuga Relativa


A ForçaCentrifuga Relativa (FCR) é expressa em múltiplos de aceleração gravitacional (g=9,8 m/s/s), através da seguinte equação:

RCF = 1.118 r n2

Onde: r = raio de rotação em mm
n = velocidade em rpm dividida por 1000

O raio de rotação é determinada pelo acessório utilizado (veja seção 1.4), o nomograma da figura 1.2 pode ser utilizado para encontrar:
- A velocidade em rpm aplicada para...
tracking img