Central de materiais esterilizados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2641 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Ana Carolina De Oliveira Gaiga

Ângela Nizio De Lima

Cristiane Rodrigues

Elaine Da Silva
Glaucio Tustanovski
Joseane Alves Dos Santos
Lucyelle Betiolo Teles
Marta Aparecida S. Da Fonseca Raymundo
Otília Mara De Oliveira Da Luz
Rodrigo Otávio Mazurosky
Salete Maria Westphal Carzino




Central de Materiais e Esterilização

Hospital Universitário Evangélico de Curitiba – HUECCuritiba

2007
SUMÁRIO














1 INTRODUÇÃO


Em visita realizada a Central de Materiais e Esterilização do Hospital Evangélico no dia 27 de junho de 2007 no período noturno, observou-se que o trabalho realizado com demanda ou fluxo, garante que não haja cruzamento de materiais não esterilizados para os já prontos paradistribuição aos setores do hospital.
Os profissionais que trabalham no setor devem ser altamente treinados e qualificados para realização dos processos por eles aplicados. A central de materiais é necessariamente importante para prevenir infecção hospitalar garantindo assim a segurança do paciente e dos profissionais que atuam na área.










2 CENTRAL DE MATERIAL


A Central deMateriais é extremamente necessária em todos os ambientes hospitalares, para prevenção da infecção hospitalar. No hospital Evangélico a esterilização (processo físico ou químico através do qual são todas as formas microbianas, inclusive os esporos bacterianos) é do tipo centralizada, ou seja todo o material utilizado passa por este processo de esterilização no próprio hospital, sendo de fácil acessopara todos os funcionários, facilitando assim o serviço, garantindo maior eficiência, rapidez, controle de consumo, reserva de materiais entre outros. Os funcionários da Central de Materiais são divididos em dois turnos diurnos com 6 horas cada, e dois turnos noturnos em plantões de 12/36, todos com uma folga por semana. Só podem entrar no setor com todos os equipamentos necessários para que seevite a contaminação do material (artigos) e acidentes de trabalho.
O material entra pela área do expurgo, é recebido pelos funcionários do setor devidamente treinados para realização do processo, é necessário que os materiais sejam rigorosamente limpos. Neste setor, suas responsabilidades são:
• Limpeza: é a remoção das matérias orgânicas, as sujidades, na superfície do objeto, sendo realizadaatravés da aplicação de água e sabão ou detergente neutro com ação mecânica.
• Desinfecção: processo físico ou químico que destrói microorganismos, não necessariamente esporos bacterianos.
• Esterilização: processo físico ou químico que são destruídas todas as formas microbianas inclusive os esporos.
• Descontaminação: desinfecção ou esterilização terminal de objetos contaminados commicroorganismos patogênicos, de forma a torná-los seguro para manipulação.
• Anti-sepsia: processo através do qual microorganismos presentes em tecidos são destruídos ou eliminados após a aplicação de agentes anti-microbianos, esta atividade depende de componentes físicos e químicos do ambiente externo, assim sendo necessário ter o conhecimento destes fatores para uma adequada aplicação.
• Área depreparo: onde são inspecionados e preparados todos os materiais e equipamentos, sendo empacotados, ou envolvidos em caixas de metais com rigorosa inspeção.
• A esterilização de todo o material é realizada em autoclaves, estufas, câmaras de esterilização de óxido de etileno, que é inspecionado periodicamente, e seu profissional treinado.
• Área de estocagem do material esterilizado, onde éreservada e identificada com data de realização do processo, data de validade e assinado pelo profissional responsável. Por último, é distribuído para todos os setores, sendo assim todos estes processos são contínuos.
A rotina contribui na realização dos passos a serem dados para realização da tarefa. Ela é específica de cada unidade, e depende de recursos existentes. Portanto, a rotina orienta sobre o...
tracking img