Central da desigualdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2711 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]








































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3


2 DESENVOLVIMENTO 5


4 CONCLUSÃO 9


5 REFERÊNCIAS 10


INTRODUÇÃO

Esse portfólio foi desenvolvido a partir da observação dos dois personagens do filme central do Brasil, um filme de Walter Salles queteve uma projeção internacional. Depois de anotarmos o comportamento desses e também o meio social que estão inseridos, comparamos com os relatos dos livros dispostos o que nos ajudou a elaborar nossos estudos e mergulhar nessa busca incessante do saber.
Com o objetivo de compararmos as diferenças culturais e regionais, as interações das pessoas com seu meio social, e sua formação individual etambém uma análise do comportamento humano. Trouxemos para o meio acadêmico uma abordagem desse filme que retrata a realidade dos grandes centros urbanos de um país subdesenvolvido, como a má distribuição de renda e consequentemente a violência e diferenças sociais causadas pelo capitalismo e também as dificuldades enfrentadas pelos sertanejos no nordeste brasileiro.
Primeiramente inserimos um resumodo filme, sem a preocupação de enfatizar um personagem ou atitude, lógico com a importância dos protagonistas, ou seja, pura e simplesmente uma sinopse do maravilhoso trabalho desse grande autor Walter Salles. Posteriormente inseri também, com o objetivo de focar as raízes da problemática, um resumo das formações históricas de cada Estado, o que com certeza aguçará nossos sentidos no que tange aosprocessos econômicos e culturais dessas regiões em questão.






DESENVOLVIMENTO

O filme Central do Brasil recebeu vários prêmios, inclusive internacionais e conseguiu um lugar de destaque no cenário cinematográfico nacional. Ele foca a vida de uma professora aposentada, dona Dora interpretada por Fernandes Montenegro, que trabalha escrevendo cartas às pessoas analfabetas em uma estaçãode metro, que dá nome ao filme no Rio de Janeiro. Ela conhece Josué, uma criança de nove anos (Vinícius de Oliveira) quando sua mãe pede que Dora escreva e envie uma carta ao seu ex-marido Jesus de Paiva, que ficou na cidade de Bom Jesus do Norte em Pernambuco com dois filhos, Isaías e Moisés. No dia seguinte Josué e a mãe retornam e pedem que Dora escreva outra carta dizendo que o filho queriair a Bom Jesus conhecer o pai e pede que Dora rasgue a carta anterior. Na saída da estação a mãe de Josué é atropelada e morre, o garoto fica vagando pela estação por alguns dias até que Dora resolve levá-lo para sua casa, onde ele passa a noite. Dora vende o garoto no dia seguinte, mas se arrepende e ao longo da história ela viaja com o garoto a fim de entregá-lo ao pai. Nessa viagem Dora sedepara com os costumes do nordeste que lhe causam estranheza e depois de algumas dificuldades, Isaías irmão de Josué os encontram e os levam a sua casa onde conhece seu outro irmão Moisés, mas o seu pai havia viajado ao Rio de Janeiro. À noite, quando todos estavam dormindo Dora sai e deixa Josué com seus irmãos. Mas deixa uma carta dizendo que fazia muito tempo que ela não escrevia a ninguém, masescrevia essa carta endereçada a ele o menino Josué e diz que ele tem razão em acreditar que seus pais ainda ira aparecer e diz que ele nunca se esquecer de seus sonhos e para também nunca se esquecer dela. Ela finda a carta dizendo que também tem saudades de tudo e assina ao seu nome, Dora.

Ao vermos vemos esse filme podemos constatar a geneosidade e dedicação que o fez alcançar um alto nível, oque justifica os tantos prêmios recebidos.

Antes de dar continuidade ao trabalho, gostaria de fazer um breve resumo histórico dos dois Estados onde o filme se desenvolveu, Rio de Janeiro E Pernambuco.

A cidade do Rio de Janeiro nasceu da necessidade de expulsar povos invasores, essa cidade foi a capital da colônia, do império e da republica federativa do Brasil. Com a chegada da família...
tracking img