Cenario europeu no inicio do seculo xx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1607 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS
INSTITUTO DE CIENCIAS HUMANAS E LETRAS
DEPARTAMENTO DE ARTES

O CENÁRIO EUROPEU DO INÍCIO DO SÉCULO XX

ELIZABETH LIMA DE QUEIROZ

MANAUS
2012
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS
INSTITUTO DE CIENCIAS HUMANAS E LETRAS
DEPARTAMENTO DE ARTES

ELIZABETH LIMA DE QUEIROZ

Trabalho de aproveitamento para a disciplina História da Arte no Brasil II,ministrada pelo prof. Msc. Paulo Roberto Simonetti Barbosa, no quinto período de Artes Plásticas na Universidade Federal do Amazonas.

O CENÁRIO EUROPEU DO INÍCIO DO SÉCULO XX

MANAUS
2012
O CENÁRIO EUROPEU DO INÍCIO DO SÉCULO XX

O inicio do século xx na Europa foi marcado por grandes transformações industriais, econômicas e sociais, tais transformações modificaram o aspecto de vida humana. A novaera nas comunicações como a fotografia, o cinema e as transmissões de radio também já influenciavam muito as transformações dessa época. Foi no contexto histórico de conflitos políticos, revoluções e diferenças entre classes sociais que a arte se desenvolveu. Nessa primeira metade do século, todos estavam em busca de novas linguagens, de pesquisa de novos materiais, de rompimento de regras, daindependência do realismo e da copia da natureza e outras mil propostas criativas. Foi com essas novas propostas que surgiram varias tendências artísticas.
As novas tendências artísticas trouxeram uma grande multiplicidade de caminhos, correntes, estilos e manifestações estéticas, entre elas temos:
O Expressionismo (1904) foi um movimento artístico que surgiu no final do século XIX e início doséculo XX, na Alemanha, com um grupo chamado Die Brücke, como uma reação à objetividade do impressionismo, apresentando características que ressaltavam a subjetividade. Neste movimento, a intenção do artista é de recriar o mundo e não apenas a de absorvê-lo da mesma forma que é visto. Aqui ele se opõe à objetividade da imagem, destacando, em contrapartida, o subjetivismo da expressão.
O desenhorealiza-se à base de traços rigorosos de vivo cromático na pintura, chegando às vezes a deformá-lo. PROENÇA (1998, p. 210) comenta que “[...] as figuras apresentam um aspecto ameaçador e têm com frequência um carácter caricaturesco.”
O principal precursor deste movimento foi o pintor holandês Vincent Van Gogh e Outro importante pintor expressionista foi o norueguês Edvard Munch, autor da conhecidaobra O Grito.A obra representa uma figura andrógena num momento de profunda angústia e desespero existencial. O pano de fundo é a doca de Oslofjord (em Oslo) ao pôr-do-Sol. O Grito é considerado como uma das obras mais importantes do movimento expressionista e adquiriu um estatuto de ícone cultural, a par da Mona Lisa de Leonardo da Vinci.
Em 1905, temos o Fauvismo, que foi uma tendência estéticana pintura que buscou explorar ao máximo a expressividade das cores na representação pictórica. A tendência fauvista não só revolucionou o uso das cores na pintura moderna como foi uma das origens dos posteriores movimentos de ruptura estética nas artes plásticas.
Esse movimento seguiu características expressionistas. PROENÇA (2010, p.184) comenta que “[...] os fauvistas tiveram suas obrasrejeitadas, mas deram início ao gosto pelas cores puras, que hoje vemos em tantos objetos do cotidiano e em peças de vestuário.”
Os fauvistas usavam as cores intensas (roxo, verde, amarelo, azul e vermelho), buscavam a harmonia, tranquilidade, pureza e equilíbrio nas obras de arte, assim como o uso de formatos planos, grandes, simples e com traços largos na intenção de demonstrar os sentimentos nasobras e usavam temas preferidos como: cenas urbanas e rurais, retratos, ambientes internos, nus e cenas ao ar livre.
O artista Henri Matisse é conhecido como pai deste movimento artístico, pois ele despreocupa-se com o realismo tanto nas formas quanto nas cores. Uma de suas principais obras pode destacar A tela Banhistas na margem de um rio do Instituto de Arte de Chicago foi considerada por...
tracking img