Cenário setor calçadista 2010

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (627 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Intrudução

Cenário setor calçado 2010

Nem a desvalorização cambial, nem a concorrência asiática, impediram a recuperação do setor calçadista brasileiro no ano passado: impulsionadas peloaquecido mercado interno, as vendas de sapatos registraram em 2010 o melhor resultado da década, e contribuíram para a retomada do crescimento do ramo, segundo levantamento das associações que representamas indústrias e o varejo.
Ao longo do ano passado, o comércio brasileiro vendeu 744 milhões de pares de calçados, um crescimento de 6% em relação a 2009, quando 702 milhões foram comercializados. Em2008, ano marcado pela crise financeira mundial, o consumo subiu, mas em menor proporção: 3%, com 669 milhões de pares vendidos. Em 2010, em termos de valores, o setor contabilizou a venda de R$ 37,7bilhões, contra R$ 33,5 bilhões em 2009 – avanço de 12,5%.
Contribuiu para esse resultado a expansão do crédito e da renda dos consumidores, que passaram a comprar produtos de maior qualidade e maiscaros. De 2009 para 2010, o preço médio dos pares de sapato passou de R$ 47,72 para R$ 50,68 - aumento de 6,2%.
A penetração de marcas populares também tem impulsionado as vendas no mercado interno. Oacesso ao consumo proporcionado pelo boom econômico abre um novo leque de clientes em todas as faixas sociais. Essas marcas mais populares permitem que as pessoas comprem dois ou mais pares em vez deum só. No país, o consumo per capita por ano é de cerca de quatro calçados, segundo dados do Censo de 2010.
O setor calçadista entendeu as mudanças de comportamento dos consumidores, mudou suacadeia de produção e o próprio varejo também mudou. O sapato passou de um item básico para um item de moda. Os consumidores trocam de sapato conforme as coleções mudam.

Exportações

O desempenhopositivo verificado no mercado interno também se repetiu nas exportações, que tentam retornar ao nível pré-crise, tendo ainda de enfrentar a concorrência dos produtos asiáticos e a desvalorização do...
tracking img