Celulite

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1320 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Celulite
Francis Moura
Graduada em Nutrição pela UNIME Pós-graduada em Nutrição Clínica Funciona pela VP/UNICSUL

Introdução
A celulite foi descrita pela primeira vez em 1920. Palavra de origem latina, que significa inflamação celular. Outros termos:
 Lipodistrofia;

Lipoedema; Fibroedema gelóide; Hidrolipodistrofia ginóide; Paniculose; Lipoesclerose nodular; Lipodistrofia ginoide. Introdução
 Definição:

Ocorre principalmente no sexo feminino, acometendo a região pélvica, membro inferiores e abdômen. Disfunção estética de causa multifatorial e de etiologia ainda pouco conhecida.

Celulite ≠ Obesidade

Introdução
 Causas:


Fatores predisponentes:
   

Genética: maior incidência nos caucasianos. Sexo: feminino Idade: puberdade Desequilíbrio hormonal: oestrógeno e a progesterona favorecem um maior acúmulo de adipócitos em certos locais e um tamanho maior destes adipócitos.

Introdução
 Causas:
 Estresse  Maus  Fumo  Sedentarismo  Desequilíbrios  Alterações

hábitos alimentares

e alterações metabólicas

posturais

Introdução

Introdução
 Etiologia:

As depressões aparentes causadas pela celulite tem como causa aretração da pele através dos septos fibrosos subcutâneos e as áreas levantadas são projeções de gordura subcutânea.

Introdução
 Classificação
   

Clínica:

Consistente ou Duro Brando, Difuso ou Flácido Edematoso Misto

Introdução
 Estágios:


Grau I: percebido pela compressão do tecido e sem alteração da sensibilidade à dor. Grau II: as depressões são visíveis mesmo semcompressão do tecido e pode haver alteração na sensibilidade a dor. Grau III: percebido em qualquer posição, pele enrugada e flácida, além de uma sensibilidade à dor aumentada. Grau IV: ocorre fibrose do tecido.







Introdução
 Estágios:

Tratamento
A

dieta Ocidental
↑Relação W6:W3 ↓ Alimentos Integrais

↑ Alimentos Refinados

↓ Fibras

↑ Produtos Industrializados

↓Frutas e Verduras ↑ Gorduradas Saturadas e Trans

Tratamento
 Melhorar

a circulação venosa e linfática
a eliminação de toxinas a oxigenação do tecido a nutrição do tecido

 Favorecendo  Melhorar  Melhorar

 Diminuir

o depósito de gordura

 Estimular

a síntese de colágeno

Tratamento
 Tratar

Disbiose
a inflamação o organismo

 Melhorar

 Desintoxicar  Controlar Evitar

a glicemia

retenção hídrica

O intestino

Dieta Destoxificante
 Acúmulo

de tóxicas (que possuem afinidade pelo tecido adiposo) → Alteração no processo metabólico (toxinas) → Fígado Biotransformação → Excretado →

 Xenobióticos

 Metabólitos

de estrogênio → promove a hipertrofia da célula de gordura

Dieta Detoxificante
 Rica


em Frutas e Vegetais(ORGÂNICOS)

Alimentação rica em antioxidantes

 Suplementação  Fitoterápicos  Diminuir

de Vitaminas e Minerais

a exposição às toxinas do Estresse

 Diminuição

Inflamação
Resistência Insulínica Inflamação Obesidade Mediadores Inflamatórios

Celulite

Tecido Adiposo

Dieta Antiinflamatória
 Uma

dieta com baixo poder inflamatório deve ter:
      

Alimentos ricos emômega 3; Alimentos folhosos verde-escuro e algas marinhas; Evitar a ingestão de gorduras saturadas e trans; Frutas e vegetais; Evitar alimentos ricos em AA (carnes vermelhas, ovos, leites integral e derivados); Consumir cereais integrais e carboidratos complexo Evitar a ingestão de bebidas alcoólicas.

Alimentos com baixo poder inflamatório
Alimentos
Peixes Óleos Ervas e FitoterápicosBebidas

Exemplos
Salmão; Sardinha; Truta; Arenque; Cavala; Atum; Bacalhau Óleo de linhaça; Azeite de Oliva Extra-virgem; Óleo de peixe Gengibre; Cúrcuma; Alho; Cebola; Pimenta Vermelha; Manjericão; Alecrim Chá Verde; Vinho Tinto (moderadamente); Café (moderadamente); Sucos de Frutas Vermelhas (Amora e Framboesa) Folhosos Verdes; Maçã; Pêra; Nozes; Castanha-do-Brasil; Alcachofra; Feijão;...
tracking img