Celso vasconcello

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5164 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Os educadores devem estar atentos às “Profecias auto-realizantes”. Pesquisas pedagógicas demonstram que:
O preconceito artificial do educador (esses alunos são ótimos – esses alunos são péssimos) age de modo determinante sobre o comportamento do educando. Ou melhor, os bons e os maus alunos são inteiramente fabricados pelos professores. Em suma, a condição essencial para que um aluno, para queuma classe tenha bons resultados é que o professor tenha confiança neles. Essa seria a reforma mais econômica da escola com que se poderia sonhar. Mas também a mais difícil de ser aplicada.
Os eventuais erros de uns são interpretados como lapso, engano, distração, enquanto que os mesmo erros, de outros, são atribuídos ao desinteresse, incompetência e burrice.
Muitas vezes, o professor sevangloria todo: “Está vendo, não falei que aqueles alunos não tinham jeito”. A partir de agora, cremos que precisaria rever um pouco sua necessidade de ser “profeta”, de “acertar” (o professor acertou ou o aluno foi por ele acertado??).

c) Conselho de Classe:
Os conselhos de classe podem ser importante estratégias na busca de alternativas para a superação dos problemas pedagógicos comunitários eadministrativos da escola. Apontamos a seguir algumas observações sobre sua organização:
- Devem ser feitos durante o ano e não apenas no final, quando pouca coisa pode ser modificada;
- Deve, contar, na medida do possível, com a participação de todos os membros da comunidade (professores, equipe de coordenação, direção, alunos – ou seus representantes --, auxiliares, pais), para que se tenha aoportunidade de uma visão de conjunto;
- O enfoque principal deve ser o processo educativo e não as notas, os longos e “santos” comentários de cada aluno “problema”;
Não está nas possibilidades da escola mudar as características de vida dos alunos ou de suas famílias, mas a escola pode e deve mudar as formas e condições do serviço prestado, conforme as características dos alunos.
- Devem apontaras necessidades de mudança em todos os aspectos da escola e não apenas os relativos aos alunos. Que não sejam momentos de “acerto de contas”, nem de confirmação de “profecias auto-realizantes”. Algumas pesquisas realizadas neste campo são assustadoras, pois mostram que aqueles alunos pontados como “não OK” ou “não adianta” no primeiro conselho (final do primeiro bimestre), são reprovados em suaabsoluta maioria. Isto é terrível. Fazer conselho assim, para consolidar estigmas, é melhor não fazer!
- Decisões sobre providências devem ser tomadas, registradas e avaliadas no conselho seguinte, de modo a se fazer história e não ser simples momento de catarse;
- Em relação à prática corrente dos conselhos de final de ano --- que acaba decidindo o futuro de muita gente ---, que ao menos: 1.Sejam preparados com antecedência; 2. Sejam estabelecidos critérios para ajuda ou não em nota, mas não da aprendizagem; a recuperação da aprendizagem, mas não da nota; nem uma coisa nem outra. Cabe, pois, a pergunta: a recuperação recupera? O quê?
Dado o compromisso do educador com a aprendizagem dos educandos, a “recuperação”, mais do que uma estrutura da escola, deve significar uma postura doeducador no sentido de garantir essa que têm maior dificuldade em determinados momentos e conteúdos. Daí a importância de “recuperação instantânea”, ou seja, da recuperação que se dá no ato mesmo de ensinar, a partir dos erros (como material de análise), da percepção das necessidades dos educandos. Se ela não ocorrer, o professor está se omitindo em sua tarefa primeira que é garantir aaprendizagem. Uma questão fundamental deve ser colocada: é possível haver esse tipo de recuperação processual quando o professor trabalha com uma metodologia não participativa? Evidentemente, não! (relação avaliação-metodologia).
Pode acontecer desta recuperação não se suficiente, devendo, neste caso, providenciarem-se atividades diversificadas para o aluno, fornecimento de roteiro de estudo, entrevista...
tracking img