Cecília meireles

UMA BREVE CECÍLIA*
Cecília Meireles nasceu em 7 de novembro de 1901, no Rio de Janeiro. Respondia pontualmente todas as cartas que recebia, mas atrasava-se, às vezes, em agradecer livros, porque sóagradecia depois de lê-los. Adorava música, especialmente canções medievais, espanholas e orientais.
Admirava todos os bons poetas e preferia os pintores flamengos. Dormia e acordava cedo. Leu Eçade Queirós antes dos 13 anos. Escreveu o seu primeiro verso aos 9 anos.
Estudou canto, violão, violino e às vezes desenha. Seu primeiro livro publicado foi Espectros, tinha 16 anos.
Seu principaldefeito, segundo ela própria, era uma certa ausência do mundo e seu tormento era desejar fazer o bem a pessoas que precisavam de auxílio e não o aceitavam. Nunca viu assombração, mas gostaria de tervisto.
Não tinha medo de viajar de avião em viagens longas. Gostaria de viajar mais vezes ao Oriente e ter chegado até a China. Pensava que poderia, pelo menos, ficar muito tempo no Mediterrâneo.Colecionava objetos de arte popular. Já colecionou xícaras de café, mas acabou achando o café tão ruim que não valeu mais a pena colecionar os acessórios.
Teve grande emoção quando chegou aos Açores,terra de seus antepassados. Outra emoção grande foi quando viu a sua "Elegia a Gandhi" traduzida em idiomas da Índia. Foi a poeta brasileira mais conhecida em Portugal. Admirava
profundamente SãoFrancisco de Assis, Gandhi e Vinoba Bhave. O que a horrorizava era tocar em papel carbono, ver comer ostras e aspirar fumaça de ônibus. Amava crianças, objetos antigos, flores, música de cravo, praiadeserta, livros, livros, livros, noite com estrelas e nuvens ao mesmo tempo.
Faleceu em 9 de novembro de 1964, deixando grande obra inédita.
(*) Texto baseado no “flash” de João Condé, publicadonos “Arquivos Implacáveis” de O Cruzeiro em 31 de dezembro de 1955, no Rio de Janeiro.

PASSARINHO NO SAPÉ

P TEM PAPO
O P TEM PÉ.
É O P QUE PIA?
(PIU!)
QUEM É?
O P NÃO PIA:
O P NÃO É.
O P...