Ccih comissão de controle de infecção hospitalar

INTRODUÇÃO
Em um hospital, a rotina diária de atendimentos e procedimentos, bem como a intensa circulação de pessoas em diversas condições de salubridade sujeitam este ambiente a oferecerpotenciais riscos de contaminação e infecção aos que transitam, trabalham e vivem no mesmo.
Infecção é uma doença que envolve microrganismos (bactérias, fungos, vírus e protozoários). Inicialmente ocorre apenetração do agente infeccioso (microrganismos) no corpo do hospedeiro (ser humano) e há proliferação (multiplicação dos microrganismos), com conseqüente apresentação de sinais e sintomas. Estaspodem ter um local preciso para sua proliferação.
A CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar) tem o objetivo não apenas prevenir e combater à infecção hospitalar, trazendo assim benefícios atodos que são ali atendidos, mas também visa proteger o hospital e o corpo clínico. Deve haver um rigoroso e organizado arquivo dos documentos que comprovem a legalidade de sua existência, bem como odetalhamento das rotinas de funcionamento, protocolos sobre o tratamento aplicado aos pacientes e, sobretudo os dados estatísticos que evidenciem os índices de infecção do hospital, para que, numapossível solicitação judicial possam ser comprovados, e podendo estabelecer comparativos dos índices de infecção dentro dos limites aceitáveis.
O presente trabalho objetiva estudar e conhecer asresponsabilidades da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, bem como os profissionais envolvidos na sua formação, as bases legais que instituíram a obrigatoriedade da CCIH e concluir a importânciada sua efetiva atividade dentro do ambiente nosocomial.
Infecção hospitalar
De acordo com o Ministério da Saúde, entende-se por infecção hospitalar qualquer infecção adquirida após a admissão dopaciente na Unidade Hospitalar e que se manifeste durante a internação ou mesmo após a alta - variando de acordo com o período de latência do agente infectante - quando puder ser relacionada com a...
tracking img